REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA: FAMÍLIAS DO AYRTON SENNA RECEBEM TÍTULOS DEFINITIVOS DE SEUS IMÓVEIS

Entrega dos documentos aos moradores foi feita pelo prefeito dr Hildon Chaves no último domingo
Segunda-Feira, 23 de Outubro de 2017 - 19:18

Natural da cidade paranaense de Assis Chateaubriand, Ana Fernandes, a “Ana da Banana”, não escondia a emoção por ter conseguido receder o título definitivo do imóvel onde reside com a família há nove anos. Ela foi a primeira, dos 536 beneficiários do loteamento Ayrton Senna, a receber das mãos do prefeito dr Hildon Chaves o documento que assegura a ela a propriedade do terreno.

Morando em Porto Velho há 18 anos, “Ana da Banana”, quando chegou à capital rondoniense não tinha onde morar, situação que viveu por cerca de uma década. Para se abrigar, ela vivia pela casa dos amigos. “Na verdade eu não morava, eu passava um dia na casa de um, outro dia na casa de outro. E assim eu ia vivendo. Mas felizmente isso tudo mudou e agora tenho onde motar”, lembrou.

A virada na vida de Ana foi proporcionada por uma amiga sua chamada Lídia Barbosa. Foi ela quem cedeu o terreno no loteamento Ayrton Senna, no bairro mariana, zona leste de Porto Velho, onde ela pode construir a sua casa. “Um dia ela chegou para mim e falou que eu não precisava me humilhar pros outros e me disse que iria me repassar o terreno que havia conseguido para ela. Foi o que ela fez”, fala emocionada.

Conquistado o terreno, faltava ela conseguir o documento que lhe atestava a propriedade do imóvel. Foram mais de oito anos de uma espera angustiante sem a certeza de que um dia ela teria o documento. “Fui uma das primeiras a vir para o Ayrton Senna, e foi uma luta muito grande para a gente conseguir o título definitivo. Felizmente, graças ao meu bom Deus e ao prefeito, esse sonho hoje está sendo realizado”, exultou de felicidade.

Assim como “Ana da Banana”, outros moradores também reconheceram o trabalho e o esforço do prefeito dr Hildon Chaves para que o documento fosse entregue às famílias do loteamento. “Já vai fazer dez anos que o loteamento foi criado e os outros prefeitos não se preocuparam em providenciar esse documento. O dr Hildon não tem nenhum ano na prefeitura e já resolveu o problema. Só temos a agradecer a ele por se preocupar com a gente”, reconheceu Raimundo Martins.

Direito de propriedade

Para o prefeito dr Hildon Chaves assegurar o direito de propriedade a quem mais necessita tem que ser uma constante da gestão, tanto que em sua administração a regularização fundiária passou a ser o foco principal da Secretaria (Secretaria de Regularização Fundiária, Habitação e Urbanismo (Semur). Para isso, a secretaria passou por todo um processo de reestruturação.

“É muito gratificante para mim está hoje entregando esses títulos de domínios a essas mais de quinhentas famílias. É uma ação que representa o sonho de toda uma vida. Me deixa muito feliz poder realizar o sonho dessas pessoas e de muitas outras famílias que receberão o título definitivo de seus imóveis até o final do nosso mandato. Não estamos fazendo nada mais do que nossa obrigação”, disse.

A regularização fundiária, lembrou o prefeito, não apenas assegura a propriedade do imóvel às famílias. Vai muito além disso. “Regularizar também é progresso porque com a legalização, o proprietário do imóvel tem como conseguir empréstimo no banco para reformar sua residência e isso faz movimentar a economia local com a contratação de profissionais para o serviço. O próprio imóvel passa a ser melhor avaliado também”, adiantou o prefeito.

Apoio incondicional

Márcia Luna, secretária da Semur também reconheceu o papel decisivo do prefeito dr Hildon para que os títulos fossem entregues em menos de um ano de gestão. “Tivemos o apoio incondicional do prefeito para podermos chegar a esse momento. Ele também soube compreender, que apesar da urgência, era preciso obedecer os trâmites legais e no final deu tudo certo. Por isso hoje é dia de festa para todos nós”, afirmou.

A secretária também adiantou que no dia 10 de dezembro, o prefeito fará a entrega dos títulos definitivos aos moradores dos bairros Pedrinhas e Panair, na chamada Figura A, na região central de Porto Velho, local de famílias tradicionais da cidade onde nasceram os primeiros filhos da capital rondoniense.

Fonte - 010 - Assessoria|Fotos: Semur

Comentários

News Destaques

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.