JESUÍNO BOABAID COMENTA VOTAÇÃO DA PEC EM MEIO A PROTESTOS

A proposta prevê que somente receberão proventos integrais os trabalhadores que totalizarem 49 anos de contribuição. Para receber 100% do salário de benefício aos 65 anos, portanto, será necessário que o trabalhador ingresse no mercado aos 16 e trabalhe ininterruptamente até os 65.
Quarta-Feira, 15 de Março de 2017 - 17:20

A proposta prevê que somente receberão proventos integrais os trabalhadores que totalizarem 49 anos de contribuição. Para receber 100% do salário de benefício aos 65 anos, portanto, será necessário que o trabalhador ingresse no mercado aos 16 e trabalhe ininterruptamente até os 65. O texto está em tramitação no Congresso e a expectativa é que seja votado até abril.

Os trabalhadores estão preocupados com a reforma, pois temem ter que trabalhar vários anos a mais para que possam se aposentar. Boabaid comentou: “A previdência do Estado de Rondônia quem vai mudar é a Assembleia (Legislativa) e o Governo do Estado de Rondônia. Então, nós temos que estar atentos à isto” afirmou o parlamentar.

Boabaid afirmou que os trabalhadores não devem pagar uma conta de governos que foram irresponsáveis no passado e não tiveram zelo com recursos financiados pelo BNDES, dentre outras situações.

Fonte - 010 - assessoria

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.