ABUSADOS: DUPLA GRAVA VÍDEOS FUMANDO DENTRO DA VIATURA DA PM E POSTA NAS REDES SOCIAIS

Como se não bastasse a ousadia da dupla, os vídeos foram postado na própria rede social (facebook) de um dos marginais.
Sexta-Feira, 10 de Março de 2017 - 14:03

Ariquemes, RO - A dupla Breno Sales Huarita, 18 anos e Willian Tafareu Junqueira, 22 anos foram conduzidos até a delegacia por tentativa de furto. O caso aconteceu no último dia 25/02, na Rua Recife, no setor 3 da cidade de Ariquemes. Detidos dentro do camburão da Polícia Militar até a delegacia, o marginal Breno acendeu um “porronco” (cigarro de tabaco) enquanto Willian gravava tudo com o próprio celular.

Segundo informações colhidas pela equipe de jornalismo do Jornal Eletrônico Newsrondonia, os marginais foram conduzidos até a delegacia após arrombar um caminhão. O proprietário do caminhão presenciou a prática delituosa e acionou a Polícia Militar. Breno que já tem passagens por roubo e Willian por receptação, tentativa de furto e furto de veículo, resolveram “inovar”. De posse de um celular, Willian resolveu gravar o que estava acontecendo no interior da viatura, enquanto Breno fazia um cigarro de porronco.

Como se não bastasse a ousadia da dupla, os vídeos foram postados na própria rede social (facebook) de Willian. No vídeo Willian com um isqueiro tenta atear fogo no pneu reserva, que fica na parte do camburão. Haja vista que não vai conseguir seu intento, Willian seca o pneu. “Pra você ver, nos passamos batido com back, carteira,cigarro e isqueiro, taca fogo na inveja gurizada, aprende com o pai”, diz Willian.

No vídeo, Willian também ameaça o proprietário do caminhão. “Tá vendo aquele coroa ali, ele me caguetou nos agorinha, deixa ele que semana que vem ele vai aparecer na funerária”. Após isso, Willian que aparece em boa parte do vídeo continua com as ameaças, “Depois que aparece com a boca formigando eles falam, tadinho morreu”, em tom de zombaria.

No final do vídeo, quando os policiais se aproximaram da viatura, o vídeo é encerrado. O Jornal Eletrônico tentou contato telefônico com a Polícia Militar de Ariquemes, mas não obteve êxito. Caso, a pm queria se manifestar sobre o ocorrido, o espaço desde já permanece aberto.

Fonte - Anderson Nascimento - Newsrondonia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.