RONDÔNIA INTEGRA MOVIMENTO BRASIL COMPETITIVO PARA APERFEIÇOAMENTO DA GESTÃO E GOVERNANÇA DO EXECUTIVO

A primeira reunião foi pautada pela definição e ajustes das dimensões constantes no Plano de Trabalho a ser executado pela comissão formada por técnicos do estado e os assessores do MBC.
Quinta-Feira, 09 de Março de 2017 - 16:37

Para aperfeiçoar a gestão e a governança do Poder Executivo estadual, o governo de Rondônia iniciou na terça-feira (7) os trabalhos junto aos especialistas do Movimento Brasil Competitivo (MBC), instituição que atua como mobilizador entre os diferentes segmento e setores do País na busca pela excelência em gestão e melhoria da competitividade brasileira.  A primeira reunião foi pautada pela definição e ajustes das dimensões constantes no Plano de Trabalho a ser executado pela comissão formada por técnicos do estado e os assessores do MBC.

O encontro foi realizado no gabinete da Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog), em Porto Velho, com a presença do secretário-adjunto, Pedro Pimentel, da superintendente de Assuntos Estratégicos, Rosana Vieira, do Superintendente do MBC, Romeu Neto, especialistas da assessoria e técnicos de instituições.

A cooperação técnica concretiza a determinação do governador Confúcio Moura de buscar soluções para o melhor desempenho das práticas de gestão e que garantam a prestação de serviço público moderno e com qualidade. A titular da Seae, Rosana Vieira, falou do caminho percorrido para a concretização da parceira, e explicou que os trabalhos terão como foco a simplificação de processos, a qualidade fiscal e a comunicação das estratégias adotadas pelo estado.

Para o adjunto da Sepog, a parceria irá contribuir para um melhor direcionamento das práticas gerenciais utilizadas atualmente na coordenação de pessoas e projetos. Ele caracterizou a cooperação técnica como fundamental para o desenvolvimento de Rondônia.

Ao falar da importância da parceria, o superintendente do MBC explicou que os trabalhos de integração da gestão e governança serão realizados durante 12 meses. “Além de contribuir para o aprimoramento das novas ferramentas de gestão, Rondônia terá a oportunidade de trocar experiências de sucesso com outros estados, com os quais o MBC também atua. A cooperação técnica representa a união de esforço em prol dos mesmos resultados e uma melhoria constante nas práticas de gestão do estado”, disse Neto.

Fonte - 015 - rondonia ro

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.