RENATO ARAGÃO RECEBE HOMENAGENS NO SANTUÁRIO NACIONAL NA ESTREIA DO FESTIVAL “DIDIVERSÃO” NA TV APARECIDA NESTE DOMINGO (12)

Ao final da programação, Renato irá conceder uma entrevista coletiva à imprensa. Os jornalistas interessados em acompanhar a missa e a inauguração da estátua devem fazer o credenciamento prévio até dia 10 de março
Quarta-Feira, 08 de Março de 2017 - 08:53

O humorista estará presente no Santuário Nacional para participar de uma missa, em seguida da inauguração da estátua de cera em sua homenagem no Memorial da Devoção e a abertura da exposição “Didi, o Devoto Trapalhão”.

No próximo domingo, dia 12 de março, o humorista Renato Aragão estará no Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, no interior de São Paulo, para participar de uma missa, às 8h, presidida pelo arcebispo Dom Orlando Brandes, e às 9h, da Coroação de Nossa Senhora. Em seguida fará a inauguração, às 11h, de uma estátua de cera e uma exposição em sua homenagem, no Memorial da Devoção Nossa Senhora Aparecida.

Ao final da programação, Renato irá conceder uma entrevista coletiva à imprensa. Os jornalistas interessados em acompanhar a missa e a inauguração da estátua devem fazer o credenciamento prévio até dia 10 de março, na Sala de Imprensa do Santuário Nacional, por meio do e-mail: imprensa2@santuarionacional.com.

A visita de Renato Aragão à Exposição será aberta somente para jornalistas, com credenciamento limitado a dois profissionais por veículo de comunicação (repórter e fotografo/cinegrafista). Mais informações pelos telefones (12) 3104-1040 ou (12) 99104-4539.

Estreia do Festival Didiversão na TV Aparecida

No mesmo dia, a TV Aparecida estreia o "Festival Didiversão", que contará com a exibição de 12 filmes da Renato Aragão Produções Artísticas, cedidos gratuitamente pelo humorista. Entre as obras, estão clássicos como os “Os Saltimbancos Trapalhões”, “Os Trapalhões na Serra Pelada” e “Os Trapalhões e Árvore da Juventude”. As sessões serão exibidas aos domingos, às 12h30, com reprise às quartas-feiras, às 20h.

Exposição “Didi, o Devoto Trapalhão”

O comediante Renato Aragão, eternizado pelo personagem Didi, da série “Os Trapalhões”, será a mais nova personalidade representada no Museu de Cera, do Memorial da Devoção Nossa Senhora Aparecida, localizado no Santuário Nacional de Aparecida, no interior de São Paulo. A estátua irá compor uma exposição em homenagem ao artista, que será inaugurada com a presença de Didi e seus familiares.

A mostra “Didi, o Devoto Trapalhão” terá itens do acervo pessoal do humorista, como fotografias, revistas, histórias em quadrinhos, discos, filmes, brinquedos, quadros e troféus, que relembram os inúmeros trabalhos na TV e Cinema, além de importantes momentos da vida de um dos mais queridos artistas brasileiros.

Peregrinação de Fé

A devoção de Renato Aragão a Nossa Senhora Aparecida ficou em evidência em 1999, quando o humorista percorreu a pé, os mais de 150 km entre São Paulo e Aparecida, em agradecimento pelas doações feitas à campanha Criança Esperança. Na ocasião levou consigo uma imagem da Padroeira do Brasil abençoada pelo padre Marcelo Rossi.

As homenagens à Didi integram a programação do Jubileu dos 300 anos do Encontro da Imagem de Nossa Senhora Aparecida, nas águas do Rio Paraíba do Sul e também marca o aniversário de um ano de criação do Memorial da Devoção, inaugurado em março do ano passado. "Já recebi muitas homenagens na minha vida, mas essa de Aparecida será a principal e a maior da minha história", contou o humorista emocionado.

O Memorial da Devoção fica no pátio da Basílica, ao lado do Centro de Apoio aos Romeiros, e é uma iniciativa do Santuário Nacional em parceria com Grupo Dreams. O funcionamento é de segunda à sexta-feira, no horário das 9h às 17h, sábados das 8h às 19h e domingos e feriados das 7h às 18h.

Sobre “Os Saltimbancos Trapalhões”

Funcionários humildes, os amigos Didi (Renato Aragão), Dedé (Dedé Santana), Mussum (Mussum) e Zacarias (Zacarias) se tornam a grande atração do circo Bartolo, graças à sua incrível capacidade de fazer o público rir. Mas os sucessos lhes têm um preço: a oposição do mágico Assis Satã e a ganância do Barão, o dono do circo. Juntos, os quatro amigos precisarão combatê-los.

 

.

Fonte - Rede Aparecida/Imprensa

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.