MINISTRO DA SAÚDE EXPLICA QUE CREDENCIAMENTO DO HOSPITAL DE CÂNCER DEPENDE DA CONCLUSÃO DA OBRA

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, ratificou a posição da deputada federal Marinha Raupp, na busca da melhoria da qualidade da saúde de Rondônia, com destaque para a ampliação dos serviços de tratamento de câncer
Terça-Feira, 07 de Março de 2017 - 15:52

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, ratificou a posição da deputada federal Marinha Raupp, na busca da melhoria da qualidade da saúde de Rondônia, com destaque para a ampliação dos serviços de tratamento de câncer, com o credenciamento do Hospital de Câncer da Amazônia, em Porto Velho.

Na noite de segunda-feira (06), a parlamentar, junto com o Secretário de Saúde do Estado, Willames Pimentel, esteve em audiência com o ministro, para reiterar o pedido da habilitação e credenciamento do Hospital.

“A deputada Marinha tem vindo com frequência no Ministério para pedir pelo credenciamento, pela estruturação do serviço de tratamento de câncer no Estado. A convite dela estive lá no Estado de Rondônia, visitei várias unidades de saúde, inclusive a operação atual do Hospital de Barretos e o novo Hospital do Câncer que está sendo construído, que é uma obra vultosa e que quando estiver pronta e somente quando estiver pronta poderá receber o credenciamento do serviço. É uma norma geral do Ministério, que nós vamos seguir também para o Estado de Rondônia. Vamos fazer o possível para que quando estiver tudo pronto a habilitação aconteça rapidamente”, disse o ministro.

Em novembro deste ano, a Marinha Raupp esteve visitando as obras do Hospital de Câncer da Amazônia e reiteradas vezes foi ao Ministério da Saúde e, diretamente, na Secretaria de Atenção à Saúde fazer gestões para o credenciamento da unidade. Além disso, destinou para 2017, através de emenda impositiva, R$ 1 milhão para investimentos na funcionalidade do Hospital.

“Nosso trabalho é pautado pelo respeito e realizado com determinação, comprometimento e verdade. Meu compromisso é com a população do meu querido estado de Rondônia”, reforçou a deputada.                      

Cabe esclarecer que uma portaria do Ministério da Saúde autoriza ter somente um hospital credenciado pelo SUS para oferecer o tratamento de câncer à população. E a deputada tem trabalhando nestes últimos meses para termos uma solução em relação a este caso.

Nos últimos dias a deputada federal Marinha Raupp sofreu acusações graves e infundadas, de que ela estaria atrapalhando o credenciamento do Hospital do Câncer da Amazônia. Bom, ninguém melhor que o próprio Ministro da Saúde, Ricardo Barros, para contar a verdade.

“Meu compromisso é com o povo do meu querido Estado de Rondônia e com os pacientes que tanto sofrem com esta doença, para que tenham ganho com o novo hospital e não perca com diminuição de serviços”, completa.

Fonte - 010 - assessoria

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.