OFERECIA DOIS REAIS: PADRASTO É PRESO APÓS ESTUPRAR CRIANÇA NO BAIRRO ELDORADO

O acusado mostrou as partes íntimas para duas crianças, colegas de sua enteada. A vítima (enteada) falou que Elson acaricia as partes íntimas e ao término lhe oferece R$ 2 reais para que a menina não conte nada para a mãe.
Sábado, 25 de Fevereiro de 2017 - 09:58

Porto Velho, RO – Um homem identificado como, Elson L. da Silva, 38 anos foi preso durante a noite desta sexta-feira (24) pela guarnição da Polícia Militar composta pelo Cb Nogueira e pms P.Costa, Michel, Bruno e Aguiar. Elson é acusado de estuprar a própria enteada, uma criança de apenas 10 anos de idade. Além disto, ele ainda mostrou as partes íntimas para outras duas crianças. O caso aconteceu na Rua Alvorada, Bairro Eldorado, setor Sul da capital.

De acordo com informações contidas no boletim de ocorrência, os policiais foram acionados por determinação do CIOP para comparecer até a UNISP – Zona Sul, para atender uma ocorrência de estupro de vulnerável. Ao chegar no local, os policiais foram informados pela mãe das outras duas crianças, que todos os dias as meninas que são colegas passam pela residência do acusado, para chamar a vítima de 10 anos, para juntas irem para a escola.

Na data de ontem, pela manhã, no momento em que as vítimas aguardavam a vítima de anos, o acusado apareceu na porta apenas de toalha e mostrou as partes íntimas (urinou) em direção as duas menores de idade. Assustada, as coleguinhas da menina correram e seguiram o caminho da escola.

Segundo informações, a enteada de Elson já tinha relatado para as colegas que sofre abuso por parte do padrasto. O áudio foi mostrado aos policiais. Diante das informações, os policiais foram até a residência de Elson e conversou com a criança, onde a mesma narrou aos policiais o que as outras meninas já tinham narrado, inclusive, a vítima também informou que Elson constantemente acaricia as partes íntimas dela e também ordena que a criança acaricie as partes íntimas dele. A enteada também afirmou que Elson lhe dá a quantia de R$ 2,00 para que a vítima não falasse nada para mãe.

A mãe da criança afirmou que a filha nunca relatou nada sobre o ocorrido. Diante dos fatos, Elson recebeu voz de prisão e foi conduzido até a Central de Flagrantes, onde ficará à disposição do delegado plantonista que tomara as medidas que o caso requer. O boletim de ocorrência foi registrado como estupro a criança. 

Fonte - Anderson Nascimento - Newsrondonia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.