SUSPENSÃO DA IMPORTAÇÃO DE CAFÉ É COMEMORADA PELA DEPUTADA MARINHA RAUPP

Mobilização junto ao Governo Federal, conduzida pelo senador Valdir Raupp, resultou na garantia da comercialização do café conilon brasileiro, produzido por Rondônia, Espírito Santo e Minas Gerais
Quarta-Feira, 22 de Fevereiro de 2017 - 11:52

Uma boa notícia no fim da noite desta terça-feira (21) trouxe tranquilidade para os produtores de café do País. O presidente da República Michel Temer suspendeu a Instrução Normativa nº 7, do Ministério da Agricultura, que autorizava a importação do café conilon do Vietnã. A informação foi repassada ao senador Valdir Raupp pelos ministros Antônio Imbassahy (Secretaria de Governo), Marcos Pereira (Desenvolvimento, Indústria e Comércio) e pelo presidente da Frente Parlamentar Mista do Café, deputado federal Carlos Melles.

A deputada federal Marinha Raupp, que há anos vem trabalhando para o fortalecimento da agricultura no estado, participou durante a tarde de ontem, junto a diversos parlamentares dos estados de Rondônia, Espirito Santo, Minas Gerais e Bahia, da mobilização sobre o tema, sensibilizando os agentes federais da importância de se valorizar o café nacional e dos prejuízos que a importação traria aos estados produtores.

“Nossa união e trabalho consolidou o respeito aos produtores de café de Rondônia. Com diálogo e posicionamento em favor da cadeia produtiva, o presidente Temer foi sensível a situação e mostrou compromisso com os nossos agricultores. A nossa posição, minha e do senador Valdir Raupp, que junto com as bancadas de Rondônia, Espírito Santo e Minas Gerais conduziu as ações, mostra que o respeito ao agricultor, ao produtor de café, é ponto comum em nossas lutas”, reafirmou a deputada.

Importante ressaltar que o café tipo conilon produz 11 milhões de saca por ano. Só o estado de Rondônia contribui com 2 milhões. São 30 mil famílias rondonienses que dependem desta atividade. A meta agora é prosseguir com políticas públicas de fortalecimento do setor cafeeiro rondoniense e do País. Também participou da mobilização em Brasília o presidente da Câmara Setorial do Café em Rondônia, o empresário Ezequiel Dias da Silva, o Tuta Café.

Ação legislativa – Ainda na tarde de ontem, a deputada Marinha Raupp apresentou na Câmara Federal com um Projeto de Decreto Legislativo, nº 589/2017 sustando a Instrução Normativa nº 7. No texto, a parlamentar destacou informação da própria Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB) que registra um crescimento da produção do conilon de 8,1 a 20,5% na comparação com a safra de 2016, o que naturalmente não implicaria a importação.

Mobilização popular – Cerca de 200 cafeicultores de várias cidades da Zona da Mata de Rondônia fizeram protesto contra importação do café conilon, paralisando o fluxo de veículos da BR-364, na altura de Cacoal, durante a tarde desta terça-feira (21). Os manifestantes usaram faixas, paus e blocos de concreto.

Fonte - 010 - assessoria

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.