LENHA NA FOGUEIRA: CAPITAL TEM FINAL DE SEMANA AGITADO COM EVENTOS CARNAVALESCOS

O final da semana passada foi um agito só em se falando de eventos carnavalescos. A festança começou sexta feira 10, quando o Bloco Até Que a Noite Vire Dia reuniu seus foliões, na praça São José no bairro Mocambo e apresentou seus abadás para o carnaval deste ano.
Terça-Feira, 14 de Fevereiro de 2017 - 08:03

O final da semana passada foi um agito só em se falando de eventos carnavalescos. A festança começou sexta feira 10, quando o Bloco Até Que a Noite Vire Dia reuniu seus foliões, na praça São José no bairro Mocambo e apresentou seus abadás para o carnaval deste ano. A Banda Lua que ha 10 anos é a responsável pela animação do bloco, deu o tom, tocando desde funk, axé até as tradicionais marchinhas dos compositores do cordão.

A promoter Consola responsável pelo cerimonial, apresentou as musas com a camiseta do bloco, uma homenagem a Chapecoense - Chap. O Até Que a Noite Vire Dia vai desfilar no próximo sábado dia 18. A concentração está marcada para iniciar as 20 horas e o desfile começa a meia-noite.

Outra festa carnavalesca maravilhosa foi a promovida pelo bloco Furacão da Zona Sul, também na sexta feira. A moçada comandada pela cantora Edneide Souza não deixou a peteca cair e brincou carnaval até mais de meia-noite.

Na oportunidade foi escolhida a Musa do Bloco 2017. Quem elegeu a Musa foram os foliões que marcaram presença no evento. No final a escolhida pelo público, foi a Bruna. O abada deste ano pode ser adquirido na sede do bloco à rua Tancredo Neves. O bloco da Edneida Souza vai desfilar somente no dia 3 de março.

O encarregado de abrir o carnaval da cidade este ano, é o bloco Areal Folia que é presidido pelo Gato Félix que desfilar no dia 17 pelo percurso pela Alexandre Guimarães, Rogério Weber, João Alfredo, Presidente Dutra.

Também sexta feira dia 17 desfila o bloco “Vai e Volta” que faz o mesmo percurso do Areal Folia. A sede do Vai e Volta é na Presidente Dutra.

Quem vai desfilar com todas as pompas é o Bloco mais democrática da região Norte o querido “Pirarucu do Madeira”. O Pirarucu da Luciana com o Segismundo vai reunir os foliões a partir do meio dia de sábado dia 18, na Pinheiro Machado ao lado do Complexo Esportivo Deroche Pequeno Franco o desfile está marcado para começar as 16 horas.

No Pirarucu desfilam dos bonecões de Marise Castiel, Bola Sete, Manelão, Pierrot e outros. No Pirarucu não tem trio elétrico e os músicos vão tocando a pé. É o verdadeiro carnaval de rua. Não tem abada e nem camiseta. Cada um vai com a fantasia que achar melhor.

Agora vamos falar do Baile Municipal que aconteceu no último sábado no Calçadão Manelão. Apesar do tempo chuvoso o Calçadão concentrou mais de cinco mil foliões, que brincaram carnaval até 1 hora da madrugada de domingo, animados pela ótima banda Carijó.

O Baile começou com um breve atraso em virtude da falta de um documento exigido pelo Corpo de Bombeiro e que é de responsabilidade da empresa que monta o Palco.

A festa começou com o show da escola de samba Asfaltão cuja bateria Pura Raça levantou a galera presente ao Calçadão Cultural Manelão. Logo após a apresenta da Preto e Amarelo o prefeito fez a entrega da chave da cidade a Sua Majestade Rei Momo 1° e Único que decretou o fim da tristeza e assinou o Decreto, liberando todos para brincar o carnaval, sem restrição ou preconceito de cor, ou de gênero. “Quero ver todo mundo junto e misturado nesse carnaval” proclamou o Rei Momo Thiagão 9.

Daí pra frente quem comendou a folia foi a banda Carijó com o Nilson e a Rejane cantando as mais populares marchinhas do carnaval tradicional e as marchinhas dos compositores do Galo da Meia Noite.

Não fora a falta dos banheiros químicos no Calçadão Cultural Manelão, que não sei de quem era a responsabilidade, o Baile Municipal 2017 receberia nota 10, como não providenciaram os “MIJADORES” a nota caiu para SETE!

Público lota sede da Banda na Feijoada das Peripécias

Sábado passado (11), a Banda do Vai Quem Quer promoveu em sua sede, a feijoada do Livro “As Peripécias do General”. O evento surpreendeu a diretoria Do bloco pela frequência do público, que superou as expectativas. “Teve uma hora que pensei que não chegaríamos nem a 50 convites vendidos e no final foram mais de cem”, disse a presidente Siça Andrade.

Os foliões começaram a chegar por volta das 11 horas e a feijoada foi servida a partir o meio dia. Silvinho e Braco Moraes foram os responsáveis pela parte musical enquanto as Musas da Banda coordenadas pela Ana Santos exibiam as camisetas 2017 e o Sílvio autografava o livro que conta histórias e estórias do General Manelão.

 

Apesar da chuva que insistia em cair sobre a cidade, os foliões não arredaram o pé da sede da Banda. O motivo era a apresentação da Musa Nina Cavalcante que se desfilou apenas com o corpo pintado, uma verdadeira obra de arte produzida pelo Laurence Pataka. 

Fonte - 010 - Silvio Santos

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.