BAILE MUNICIPAL PROMETE AGITAR HOJE O CALÇADÃO MANELÃO

Por conta do carnaval, a Prefeitura da cidade através da Fundação Cultural [FUNCULTURAL], em parceria com os blocos e dirigentes carnavalescos, 'é quem promove o evento já considerado de caráter oficial', afirma um dirigente de bloco contrário ao 'Galo da Meia Noite'.
Sábado, 11 de Fevereiro de 2017 - 16:14

Porto Velho, Rondônia - A festa por conta de mais uma edição do 'Baile Municipal', dedicada ao 'Rei Momo' e sua 'Corte Imperial', começa às 22 horas deste sábado [11] no 'Calçadão Manelão', localizado no Centro Cultural da Capital.

O evento é uma tradição considerada de peso no cenário municipal por reunir participantes de todos os grupos que se apresentam na quadra momesca.

Por conta do carnaval, a Prefeitura da cidade através da Fundação Cultural [FUNCULTURAL], em parceria com os blocos e dirigentes carnavalescos, 'é quem promove o evento já considerado de caráter oficial', afirma um dirigente de bloco contrário ao 'Galo da Meia Noite'.

No tradicional 'Baile Municipal' é que leva o prefeito a fazer a célebre entrega da ´chave da cidade ao Rei Momo e à sua Corte', um momento ímpar de consagração de foliões e autoridades que têm, com isso, a auto-estima elevada por um período de três dias ou mais', assegura a mesma fonte.

Ao ato, previsto para começar a partir das 22 horas, na condição de prefeito da cidade, Hildon Chaves, segundo disse a este site de noticias na quinta-feira [9], 'a chave da cidade será entregue ao principal personagem do carnaval, o Rei Momo' e sua Corte, completa outro carnavalesco presente no 'Calçadão', neste sábado, à tarde.

UM POUCO DA HISTÓRIA - 'Os bailes' no século passado, segundo alguns historiadores consultados, eram recheados de manifestações rústicas e até certo ponto, 'mais verdadeiras e criativas', diz também, a saudosista 'Mulher da Chave' - uma personagem solitária mas que reflete grande alegria ao público que se caracteriza de 'Dama da Noite'.

Segundo uma estudiosa que se considera independente para os padrões atuais, o 'Baile Municipal' tem características afinadas com os tradicionais Bailes de Máscaras ou os chamados Bailes à Fantasia, considerados eventos precursores do carnaval no Brasil'.

Do ponto de vista histórico, insistiu ela, 'os primeiros bailes carnavalescos tiveram lugares no Brasil nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo'. Em Porto Velho, praticamente, inexiste os acervos sobre esses eventos e 'não se sabe, ao certo, quantos eventos foram realizados até aqui'.

Por outro lado, a anônima entrevistada - que se esbaldou na pista central do Calçadão do Manelão ao som pagodes, samba, pequenas marchinhas e cordões dentro da programação chefiada por Ernesto Melo e sua equipe do Fina Flor do Samba -, afirma que ,' hoje, o trabalho da Fundação é promover eventos com mais caráter de cultura e lazer', resgatar, sim, as tradições do gentílico porto-velhense e aviar o imaginário popular.

- Essa história da busca e do fortalecimento intensivo das tradições, trabalho e da história do carnaval nativo,  tenham a certeza, caso haja apoio do prefeito Hildon e das empresas, não terão resultados pífios', ela afirmou.  

XICO NERY

Fonte - NewsRondônia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.