PROFESSOR ACUSADO DE FAZER VÍDEO ÍNTIMO COM A FILHA E ENTEADA É SOLTO PELA JUSTIÇA

De acordo com a decisão do juiz da 2ª Vara de Coari, Fábio Lopes, o suspeito vai usar uma tornozeleira eletrônica, não saíra do município sem autorização e não deve tentar nenhum contato com as vítimas.
Quinta-Feira, 02 de Fevereiro de 2017 - 17:59

Manaus, AM - O professor de 52 anos acusado de pedofilia no município de Coari, foi liberado para responder pelo processo em liberdade. O homem é suspeito de estupro e de gravar vídeos íntimos com a filha e a enteada.

De acordo com a decisão do juiz da 2ª Vara de Coari, Fábio Lopes, o suspeito vai usar uma tornozeleira eletrônica, não saíra do município sem autorização e não deve tentar nenhum contato com as vítimas. Ao ser questionado sobre a decisão, devido a repercussão do caso, o magistrado informou que a medida está prevista em lei, portanto não é ilegal.

O promotor do Ministério Público Estadual, Flávio Mota, informou que a decisão é contrária ao parecer do MPE que estava presente na audiência “Eu estava representando o órgão e assim que a decisão foi tomada, interpus recurso, requerendo a imediata remessa dos autos ao TJAM, para rever a decisão contrária ao entendimento do MPAM”, disse.

Fonte - marilianoticia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.