EM VISITA INSTITUCIONAL AO TRT RO/AC, CAIXA EVIDENCIA A IMPORTÂNCIA DA CONCILIAÇÃO E DAS NOVAS TECNOLOGIAS

Transferido do Ceará (CE), Luiz Arthur destacou a experiência de atuação junto ao Núcleo de Conciliação do TRT da 7ª Região.
Segunda-Feira, 30 de Janeiro de 2017 - 16:05

A política de conciliação da Caixa nos estados de Rondônia e Acre foi o assunto principal da visita institucional do corpo jurídico da empresa pública ao presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região, desembargador Shikou Sadahiro, nesta segunda-feira (30/01).

No Gabinete da Presidência, o novo gerente do Jurídico da Caixa em Rondônia/Acre, Luiz Arthur Marques Soares, acompanhado da coordenadora Jurídica, Melissa Santos Pinheiro Vassoler Silva, e do advogado trabalhista Mário Gomes de Sá Neto, reforçou a postura conciliatória do banco junto aos processos demandados na Justiça do Trabalho dos dois estados. "Queremos ser parceiros e não mais um demandado. Nossa política de acordo é muito forte e não é nossa intenção ficar recorrendo de todas as decisões judiciais", explicou.

Transferido do Ceará (CE), Luiz Arthur destacou a experiência de atuação junto ao Núcleo de Conciliação do TRT da 7ª Região. "Adotamos alguns mecanismos de conciliação utilizando com êxito os recursos tecnológicos, a exemplo da videoconferência e o aplicativo Whatsapp", revelou ao dizer ainda que a intenção é intensificar a conciliação no 1º grau.

"A conciliação também vai ao encontro com os princípios da Administração Pública, como a eficiência, moralidade, finalidade e da boa-fé, além de melhorar o clima organizacional na própria empresa", enfatizou o gerente.

Melissa Santos ressaltou algumas práticas adotadas pela empresa pública na promoção da conciliação, o que ajudaram a diminuir em 30% a demanda processual. "Trabalhamos com pareceres visando essa conciliação, um exemplo são as súmulas administrativas de dispensa recursal, de âmbito interno, que autorizam a não interposição de recursos", declarou.

Em relação ao uso das tecnologias, o presidente do TRT afirmou que essa já é uma prática seguida na maioria das unidades. "Nosso Regional tem muita boa vontade de utilizar os recursos tecnológicos para facilitar a participação das partes e agilizar a tramitação dos processos", acentuou.

"O desafio da Justiça do Trabalho é dar conta da demanda que cresce a cada ano, muitas vezes com a mesma estrutura, pois existem limitações, seja de ordem orçamentária ou administrativa. Por isso, cada vez mais a conciliação tem importância e prioridade", destacou o desembargador.

Os representantes da Caixa evidenciaram ainda o fato do TRT14 ser um dos tribunais que julgam mais rápido e se colocaram à disposição para discutir ideias e projetos que promovam a celeridade processual e a conciliação.

Fonte - 015 - trt14

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.