AS TRISTEZAS QUE NÃO ENTENDEMOS

Freud descobriu que, às vezes, pagamos um preço bem alto por sermos habitados pela linguagem.
Segunda-Feira, 23 de Janeiro de 2017 - 08:28

As tristezas da alma, do Ser. Tristezas que não conseguimos entender. Clara Cruz escreveu que lidar com estas dores é muito mais difícil do que parece. Você já se sentiu assim? Há uma angústia tão grande que me toma às vezes, com a qual não sei lidar. Eu sofro em silêncio, sofro sozinho. Não tenho com quem falar sobre isso, e isso é o meu segredo.Tenho medo! E se alguém descobrir minhas fraquezas, o que será de mim?

Sabe, é tão pesado parecer forte o tempo todo. Você tem uma grande dor? Uma angústia à qual não sabe dar nome? Todos nós temos grandes dores. Todos nós precisamos falar sobre isso. Se não, a angústia não desincha.

Freud descobriu que, às vezes, pagamos um preço bem alto por sermos habitados pela linguagem. O que é ser habitado pela linguagem?Funcionamos em relação à linguagem como um balão em relação ao ar. Recebemos dos outros, quando crianças, doses impressionantes de linguagem: Na família, na escola, na rua…

É tanta gente falando ao nosso redor! As vozes começam a entrar na cabeça. E por ali vão ficando. Ficamos inchados! Mas como somos pequenos e ainda não sabemos comunicar direito o que sentimos, nem sempre conseguimos desinchar – falar.

E assim seguimos escutando… e inchando.Até que um dia precisamos “estourar” – FALAR! Sim, a grande descoberta do pai da psicanálise foi na verdade algo bem simples: Falar liberta!

É preciso – é urgente – desincharmo-nos um pouco de linguagem. Desincharmos um pouco da linguagem dos outros. De todos esses outros que falam na nossa cabeça, e  começar a criar a nossa própria linguagem. A nossa própria voz! Uma voz única:A voz de cada um.

Nina Lee Magalhães - Terapeuta, Advogada e Coordenadora da Comissão de Igualdade de Gênero da Mulher Advogada da Seccional de Rondônia.   Apresentadora do Programa Rosa Choque - Canal 25 - SGC – Palestrante motivacional e educacional. Atendimentos no Espaço Reviver 069 32223892, whats 069 992449858 - Rua Venezuela, 1742- Porto Velho – Rondônia – CEP.: 76820.140.

Fonte - Nina Lee

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.