SUPOSTOS MEMBROS DE FACÇÃO AMEAÇAM AUTORIDADES DO ACRE EM NOVO VÍDEO DIVULGADO NAS REDES SOCIAIS

O grupo também cita nomes de servidores marcados para morrer.
Sexta-Feira, 20 de Janeiro de 2017 - 21:51

Um novo vídeo gravado supostamente por membros de facções começou a circular das redes sociais nesta sexta-feira (20) com conteúdo ameaçador a algumas autoridades de Segurança do Acre. O grupo também cita nomes de servidores marcados para morrer.

Um grupo de rapazes, enrolados em lençóis e utilizando máscaras, diz não aceitar opressões por parte de servidores da Segurança e querer separação das facções rivais nos presídios.

Em trecho do vídeo, o rapaz que ler o aviso diz que algumas pessoas do sistema de segurança estão punidas com a morte. Ele fala também sobre humilhações que alguns membros estariam sofrendo nas penitenciárias.

“Só queremos nosso direito. Aplicaremos toda a nossa teoria na prática. Mostraremos a força do poder do crime organizado no Brasil para todos os opressores do sistema carcerário do Acre”, diz.

No comunicado, o grupo enfatiza que as facções Primeiro  Comando da Capital (PCC), Bonde dos 13 (B13) e Ifara vão se unir para “dizimar’ membros do Comando Vermelho no Acre e no restante do país.

No vídeo é ameaçado o chefe de equipe do presídio Antônio Amaro Alves, Paulo Neto e Rodrigo; coordenador de Segurança do presídio de Senador Guiomard, João Paulo e o agente penitenciário identificado como Marquinho, além de outros.

O material é finalizado informando que a situação no presídio do Rio Grande do Norte tem apoio aos membros das facções do Acre.

A Segurança Pública já informou em ocasiões anteriores que todo o material sobre ameaças é investigado pelo sistema de inteligência da polícia. Em uma das gravações, ano passado, um grupo foi identificado e preso e alegou ter sido ‘uma brincadeira de mau gosto’.

Fonte - ac24horas.com

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.