CONFÚCIO MOURA DIVULGOU MENSAGEM PARA HOMENAGEAR O ESTADO PELOS 35 ANOS

Solenidade na manhã de ontem lembrou os 35 anos e instalação do estado de Rondônia.
Quinta-Feira, 05 de Janeiro de 2017 - 16:05

Em mensagem veiculada ontem, quando Rondônia completou 35 anos de instalação como Estado, o governador Confúcio Moura (PMDB), destacou que Rondônia é um Estado que se destaca no cenário nacional, se moderniza sem perder o encanto e está em busca de mais qualidade de vida, oportunidades e emprego. Com 52 municípios e 1.787.279 habitantes, de acordo com o Censo 2016 do IBGE, Rondônia representa a segunda economia da região Norte do País. No pronunciamento que alcança todo o Estado, Confúcio Moura diz que foi com a mistura de pessoas de todos os lugares que “fomos construindo nosso lugar”. “E hoje Rondônia pode comemorar muitas conquistas, graças ao braço forte dessa gente”.

“Ainda somos um dos poucos Estados que podemos comemorar porque estamos com a folha de pagamento em dia, honrando compromisso com fornecedores. Queremos e merecemos mais, por isso estamos fazendo ajustes de gestão, chamando todos que podem dar contribuição. E vamos fazendo como os pioneiros que ajustavam suas rotas quando necessário”, afirma Confúcio.

Segundo o governador, o desafio é gerar mais oportunidades para as pessoas que estão construindo Rondônia e para os que na região desejam investir em meio a uma crise.

Em solenidade, na escadaria do Palácio Rio Madeira, prédio Pacaás Novos, sede do governo Estadual, em Porto Velho, foram hasteadas na manhã de ontem a bandeira de Rondônia pelo governador Confúcio Moura; do município de Porto Velho pelo secretário-chefe da Casa Civil, Emerson Castro; e do Brasil pelo procurador-geral do Estado, Juraci Jorge da Silva. Funcionários públicos e secretários de Estado prestigiaram o ato.

O vereador e historiador Aleks Palitot disse que o Brasil se encontra em Rondônia, a exemplo de São Paulo. “Somos um mosaico de história, de cultura, de identidade. Cada um de nós traz o sangue, a raiz dos destemidos pioneiros”, citou, lembrando que a formação do Estado inclui quilombolas, indígenas, os que vieram construir a Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, os soldados da borracha, os brasileiros de todo lugar.

“O sonho dos pioneiros terminou?”, indagou Palitot oferecendo a seguir a resposta: “Claro que não. O governador Confúcio Moura mostra isso todos os dias. O sonho tem de continuar, temos de construir ainda mais este Estado pujante, coração da América do Sul, que pode trazer muito mais alegria para aqueles que irão nos substituir. Mas isso cabe a cada um de nós, também protagonistas desta história”, declarou.

Fonte - 015 - diario da amazonia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.