ENSINO RELIGIOSO - Por Max Diniz Cruzeiro

A psicologia Angélica é dual. Ela mostra perspectivas diferenciadas de um fenômeno e se propõe a realçar um caminho que a pessoa se identifica momentâneamente.
Sábado, 26 de Dezembro de 0116 - 08:29

Psicologia Angélica

A psicologia Angélica é dual. Ela mostra perspectivas diferenciadas de um fenômeno e se propõe a realçar um caminho que a pessoa se identifica momentâneamente. Esse reforço acentua o comportamento do indivíduo naquilo que ele se vinculou a fazer a partir do primeiro instante de vinculação do pensamento. Então se a pessoa fixa um pensamento por dirigir embreagado, este comportamento é assentuado e mais e mais vezes a pessoa irá se condicionar por situações que irá ativar este princípio até ela se conscientizar e querer mudar de direcionamento.

Max Diniz Cruzeiro

 Introdução à Teoria da Psicologia Angélica

A psicologia Angélica prima pelo desenvolvimento constante da consciência. É considerado crime agredir ou matar alguém de forma intencional na estrutrura do pensamento, mesmo que a ação não tenha se desdobrado para o plano tridimensional, razão que o indívíduo passa a ser questionado pela projeção do seu pensamento, onde este questionamento se traduz numa acentuação dos elementos não compreendidos até que o indivíduo sofra as consequências de suas projeções. Os Angêlicos moram em zona habitável próximos as estrelas onde a energia é abundante. Sua guarda ou aparato militar é conhecida como Angélica e os soldados são chamados de Anjos. Seus corpos são desenvolvidos a partir de nanopartículas bem próximas da luz, por isto se diz que o caminho Divino segue em direção à luz. São responsáveis pela ordem do universo e sua capital é uma cidade estelar que está trafegando pelo espaço sem posição estática. São relatados na bíblia através de várias passagens que nomeou sua capital como Nova Jerusalém.

Max Diniz Cruzeiro

Fonte - 010 - Max Diniz Cruzeiro

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.