CONFÚCIO DIZ QUE 2017 É O ANO DE AJUSTAR AS CONTAS PARA O ESTADO CRESCER

Confúcio começou destacando que está muito animado e que sabe que está apenas no meio de seu segundo mandato e que tem ainda 24 meses para governar Rondônia.
Quinta-Feira, 22 de Dezembro de 2016 - 18:17

O governador do estado de Rondônia, Confúcio Moura, recebeu os jornalistas Alessandro Lubiana e Marcelo Freire, em seu gabinete no 9 andar do Palácio Rio Madeira em Porto Velho. Na ocasião concedeu entrevista para os veículos de comunicação SGC – Sistema Gurgacz de Comunicação. 

Confúcio começou destacando que está muito animado e que sabe que está apenas no meio de seu segundo mandato e que tem ainda 24 meses para governar Rondônia. O governador começou falando sobre a relação do governo e as prefeituras com seus novos prefeitos. "Nesses seis anos as prefeituras estavam muito pobres. Não tinham maquinários para tocarem seus serviços e ficaram extremamente dependentes do governo do estado. E as pessoas moram é no municípios e como desde o primeiro dia do meu mandato nós tomamos medidas austeras sobrou dinheiro para ajudar os prefeitos. E é isso que fizemos, ajudamos as grandes prefeituras e as pequenas também. Por exemplo, Seringueiras, a cidade está bonita e lá fizemos quase 14 quilômetros de asfalto. Agora nestes dois anos preciso investir nas obras estaduais, porém continuaremos a atender os municípios".

O governador falou sobre os seguintes temas: Saneamento básico de Porto Velho, 100% de abastecimento de água da capital, inauguração das Unispes, dragagem do rio Madeira, relacionamentos com a Assembleia Legislativa, transposição dos servidores, economia, agricultura, incentivos as empresas que geram empregos no estado e obras do governo paralisadas.

Porto Velho

Respondendo a pergunta feita pelo internauta Luiz Jesus de Lima, o governador disse que vai contribuir com a administração do novo prefeito Hildon Chaves. Disse que já se reuniu com o novo prefeito. "Eu disse a ele que me entregue quais bairros que vou asfaltar o bairro todo. Vamos trabalhar juntos na área da saúde também. Precisamos de ter um bom relacionamento para desburocratizar as gestões", disse Confúcio.

Previdência

"Nós temos dois fundos. Um garante os benefícios dos servidores até 2070. Outro garante até 2019, muito vulnerável. Com o projeto aprovado pela Assembleia Legislativa de Rondônia equaciona até 2030 ou 2035 com segurança. Isso é para que o servidor tenha segurança para que na hora que ele precisar o estado tenha o dinheiro. Vários estados já não podem mais atender os servidores porque suas previdências estão quebradas. O governo está pegando este percentual para poupar para que o servidor possa ter suas garantias futuras".

Salários

"Não é o que a categoria esperava, porém é o possível que o estado pode pagar. Estes planos não influência o orçamento de 2017. Por isso foi possível enviar para os deputados aprovarem", disse o governador.

A entrevista será exibida nos seguintes horários:

Rede TV Rondônia às 18h00 de sexta-feira dia 23

Canal 25 às 22h00 de sexta-feira dia 23

Rádio Alvorada 07h00 de sábado dia 24

Assista a entrevista na íntegra:

Fonte - NewsRondônia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.