PROJETO RECUPERA ÁREAS, DOA MUDAS E OFERECE ASSISTÊNCIA TÉCNICA GRATUITA

Viveiro Municipal de Itapuã, administrado pelo CES Rioterra e prefeitura, atende agricultores familiares no entorno da Floresta Nacional do Jamari.
Quarta-Feira, 21 de Dezembro de 2016 - 14:46

O Viveiro Municipal de Itapuã do Oeste, através do projeto ‘Semeando Sustentabilidade’, patrocinado pela Petrobras através do Programa Petrobras Socioambiental, encerra o ano de 2016 contabilizando o atendimento de milhares de pequenos agricultores do próprio município, além de Rio Crespo e Cujubim. No local, são produzidas e distribuídas mudas de plantas nativas destinadas à recuperação de áreas degradadas com o objetivo de apoiar a regularização ambiental, diversificar e gerar renda.

 O trabalho facilita o processo de zoneamento das propriedades e elaboração do Cadastro Ambiental Rural (CAR), que é uma condição indispensável para a regularização de imóveis rurais.  O local funciona ainda como espaço de educação ambiental, contribui para o enriquecimento da paisagem rural e do cardápio das comunidades, permitindo a geração de benefícios sociais, econômicos, culturais e ambientais.

 As mudas do viveiro são originadas de um banco de sementes com aproximadamente 500 indivíduos de 35 espécies catalogadas e em permanente estudo pelo CES Rioterra na Floresta Nacional (Flona) do Jamari.O trabalho inclui a localização, coleta, seleção e observação de espécies mais adaptadas às condições encontradas em campo para recuperação de áreas realizadas pelo projeto.O viveiro atua na conservação a biodiversidade através da proteção e disseminação de dezenas de espécies madeireiras e frutíferas, algumas ameaçadas de extinção como o Cedro Rosa, a Castanheira e o Mogno.

“A ideia é oferecer uma opção rentável à pecuária leiteira, principal atividade econômica da região, e evitar o avanço do desmatamento sobre a floresta, com o objetivo de provocar uma mudança de paradigma, mostrando na prática que é possível trabalhar de forma sustentável com garantia de retorno financeiro”, explica o coordenador de projetos do CES Rioterra, Alexis Bastos.

O ‘Semeando Sustentabilidade’ oferece gratuitamente todas as condições necessárias para a recuperação de Áreas de Preservação Permanente (APPs)  e reservas legais (RLs) para os beneficiários do projeto.Os plantios seguem o método de Sistemas Agroflorestais  (SAFs), que incluem espécies florestais conjugadas com outras permanentes, frutíferas, que permitem a geração de renda para os agricultores.

O projeto conta com a parceria da Universidade Federal de Rondônia (Unir),Instituto Chico Mendes de Biodiversidades (ICMbio) e as prefeituras de Itapuã, Cujubim e Rio Crespo.

Viveiro Municipal

O Viveiro Municipal de Itapuã do Oeste tem uma capacidade de produção de 700 mil mudas, incluindo atualmente espécies nativas com potencial madeireiro e frutífero. Dentre estas a capacidade instalada para produção de 100 mil mudas de café clonal.

Fonte - 010 - Ana ArandA

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.