BRASIL DE TODAS AS TELAS INVESTE R$ 10 MILHÕES EM 88 PROJETOS

Com 893 inscritos, essa foi a edição mais concorrida da linha de investimento desde o lançamento do programa, em 2014
Terça-Feira, 20 de Dezembro de 2016 - 17:49

A Agência Nacional do Cinema (Ancine) e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) divulgaram, nesta terça-feira (20), a lista dos 88 projetos contemplados pela Chamada Pública Prodav 05/2015. Conheça aqui as propostas contempladas.

Com 893 projetos inscritos, essa foi a edição mais concorrida da linha de investimento desde o lançamento do Programa Brasil de Todas as Telas, em 2014. Entre os selecionados, estão projetos apresentados por produtoras independentes espalhadas por 15 estados.

Os recursos do Fundo Setorial do Audiovisual, cerca de R$ 10 milhões, serão investidos no desenvolvimento de 53 projetos de longa-metragem (39 de filmes de ficção, 5 filmes de animação e 9 documentários) e de 35 projetos para TV (18 séries de ficção, 11 de animação, 4 séries documentais e 1 formato).

“Essa linha possibilita às produtoras brasileiras independentes uma maior capacidade de estruturação de seus projetos e aprimoramento de roteiros para que cheguem mais maduros à etapa de produção”, observa o diretor-presidente da Ancine, Manoel Rangel.

“Nos próximos dias lançaremos a quarta chamada do Prodav 05, também no valor de R$ 10 milhões, cumprindo o compromisso firmado com o setor por meio do Calendário de Financiamento 2016/2017”, completa.

A comissão considerou a diversidade de gênero e público dos projetos e o potencial de desenvolvimento, permitindo vislumbrar retornos artísticos ou comerciais capazes de contribuir para o desenvolvimento e fortalecimento do audiovisual brasileiro.

Os critérios de regionalização definidos no regulamento também foram cumpridos: 30% dos recursos foram destinados às regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste e 18% são destinados a produtoras da região Sul e do estado de Minas Gerais.

Brasil de Todas as Telas

O Programa Brasil de Todas as Telas, lançado em julho de 2014, atua na expansão do mercado e universalização do acesso às obras audiovisuais brasileiras.

Trata-se de uma ampla ação governamental que visa transformar o País em um centro relevante de produção e programação de conteúdos audiovisuais.

Até outubro deste ano, foram 486 longas-metragens e 476 séries ou telefilmes apoiados. O investimento em desenvolvimento de projetos rendeu a estruturação de 69 núcleos criativos em todas as regiões do país, e garantiu desenvolvimento de 769 novos projetos de obras audiovisuais.

Fonte - 010 - SIP - Presidencia da Republica - Regional Im

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.