CACOAL BRILHA NO PRÊMIO ESPORTE RONDÔNIA 2016

Quebra de recordes no JIR, medalhistas na capoeira e ciclismo, atletas destaque no judô e indígena.
Quinta-Feira, 20 de Dezembro de 0001 - 15:20

O Prêmio Esporte Rondônia 2016, homenageou cerca de 70 atletas e equipes que se destacaram no ano de 2016, além da imprensa esportiva, na noite de 15 de dezembro, no Teatro Guaporé, em Porto Velho. Cacoal trouxe estatuetas do Óscar do esporte rondoniense nas categorias melhor atleta, destaque indígena, Cidade Campeã do JIR e ainda medalhistas em ciclismo e capoeira. A premiação foi conduzida pelo comunicador Cláudio Batista da capital e pela jornalista Estefânia Procópio que é Assessora de Comunicação da Prefeitura de Cacoal. O evento é uma realização Conselho Estadual de Desporto e Lazer (Conedel), em parceria com a Superintendência Estadual da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel).

 ‘Cacoal fez o seu melhor, foi representada em todas as modalidades, quebrou recordes e garantiu pódio em todas elas. Estamos felizes, o esporte da nossa cidade é nosso orgulho’, declarou o presidente da delegação, o diretor geral da Autarquia Municipal de Esporte de Cacoal (AMEC), Romeu Rodrigues. O diretor da Amec recebeu das mãos do Secretário Municipal de Esporte e Lazer de Porto Velho Alder Luis Vieira Colares, a estatueta de Cidade Campeã do JIR.  A delegação do município de Cacoal levou para a competição a segunda maior delegação do Estado de Rondônia com mais de 250 inscritos, garantiu o primeiro lugar no ranking geral e voltou para casa com o título de heptacampeã.

O prêmio de melhor atleta, destaque nos Jogos da Juventude e indicada pela Federação de Judô foi para Amanda Arraes - judoca de Cacoal que está em São Paulo para a seletiva da 1ª etapa para integrar a Seleção Nacional de Judô – foi representada pelo seu técnico Antônio Marques Nunes. “Foi uma das votações mais expressivas da internet neste ano, mais de 30 mil pessoas votaram e o reconhecimento do público através da enquete foi uma surpresa devido à modalidade futebol ser o maior concorrente por ser muito praticado no país”, disse emocionado.  Segundo Nunes, esse reconhecimento valoriza o esforço e faz com que os atletas busquem sempre aprimorar o trabalho para que tenham bom desempenho.

Além dos medalhistas pelo JIR Juliano Bueno - campeão peso pesado na capoeira e Rogério Moraes campeão estadual no ciclismo, na categoria atleta indígena, a estatueta foi para Débora Patrini da Silva Cinta Larga, de 17 anos, natural do distrito de Riozinho, da etnia Cinta Larga. Foi convocada para o brasileiro sub-19 2ª divisão – Saquarema/RJ e campeã na modalidade de voleibol nos jogos intermunicipais de Rondônia. Ao saber sobre as homenagens, o prefeito Francesco Vialetto disse que em todo tempo deu liberdade para que a Autarquia de Esportes de Cacoal se mantivesse firme com os projetos de iniciação esportiva e principalmente na democratização do acesso ao esporte de participação, como forma de inclusão social. “Mais de duas mil crianças puderam ser atendidas através do Pensando no Amanhã – projeto de iniciação esportiva, incentivamos os atletas de alto rendimento também, nosso calendário esportivo é o mais atuante do estado e acredito que contribuímos para a efetivação desses direitos”, pontuou.

Fonte - 015 - prefeitura de porto velho

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.