RONDÔNIA DECRETA LUTO OFICIAL DE TRÊS DIAS PELA MORTE DO JORNALISTA PHELIPPE DAOU

Humanista por natureza, era admirado por todos que liderava no comando da Rede Amazônica, o império que criou.
Quinta-Feira, 15 de Dezembro de 2016 - 16:06

O Governo de Rondônia decretou luto oficial de três dias, a partir desta quinta-feira (15), em sinal de pesar pelo falecimento do jornalista Phelippe Daou, aos 87 anos, diretor-presidente da Rede Amazônica de Televisão, ocorrido ontem (14), em São Paulo (SP).

Ao assinar o decreto, o governador Confúcio Moura falou da trajetória do jornalista, qualificando-o como um homem de visão e empreendedor totalmente devotado à causa da Amazônia e do Brasil.

Formado em Direito pela Faculdade de Direito do Amazonas, Daou começou muito cedo no Jornalismo, como repórter do Jornal do Comércio, mas a ascensão na carreira começaria um ano depois, com sua transferência para a empresa Archer Pinto, proprietária, na época, de “O Jornal e Diário da Tarde”, onde exerceu diversas funções redacionais. Ele também atuou como redator da Rádio Rio Mar.

Ao lado de Milton Cordeiro e Joaquim Margarido, ambos falecidos este ano, em 1968 Daou fundou a Amazonas Publicidade, embrião que deu origem à Amazonas Distribuidora e Rádio TV do Amazonas. Em 1º de setembro de 1972 toda esta estrutura de comunicação que montou tornou-se um império com a fundação da Rede Amazônica de Televisão, orgulho de todo o povo da Amazônia.

Como empresário, homem de visão e incentivador do desenvolvimento da região, o jornalista se destacou como defensor da Zona Franca de Manaus e foi membro do Conselho Deliberativo dessa instituição e, por consenso, representava toda a classe empresarial – a Associação Amazonense de Imprensa e a Associação Comercial do Amazonas.

Phelippe Daou nasceu em Manaus em 15 de dezembro de 1928. Era viúvo de Magdalena Arce Daou, e pai de dois filhos, Phelippe Daou Júnior e Cláudia Daou Paixão e Silva.

Fonte - 015 - rondonia ro

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.