COISAS DO ACRE: CÂMARA DE VEREADORES APROVA REAJUSTE SALARIAL DE R$ 15 MIL PARA PREFEITO DE CIDADE ONDE ATÉ BICICLETA ATOLA

O subsidio mensal dos vereadores do município foi fixado em R$ 3 mil . O presidente e 1° secretário da Câmara Municipal receberão R$ 4 mil e R$ 3, 5 mil respectivamente.
Sexta-Feira, 02 de Dezembro de 2016 - 11:00

Mais um reajuste salarial que contempla prefeito e vereadores, para o exercício 2017/2020, foi sancionado desta vez em Manoel Urbano (AC). A edição do Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira, 2 de dezembro, estabelece o novo rendimento para o prefeito e vereadores por força das Leis Nº 400/2016 e  401/2016.

O subsidio mensal dos vereadores do município foi fixado em R$ 3 mil . O presidente e 1° secretário da Câmara Municipal receberão R$ 4 mil e R$ 3, 5 mil respectivamente.

No bolo, os vereadores aprovaram ainda a Lei Nº 402/2016, que institui a verba indenizatória mensal destinada ao ressarcimento das despesas, relativas ao exercício do mandato parlamentar, no valor máximo de R$ 300,00 e R$ 500,00 por ano para auxilio terno.

Já o prefeito que será empossado, José Altanízio (PMDB), receberá salário de R$ 15 mil e seu vice R$ 12 mil.

Manuel Urbano é uma das cidades do Acre que apresenta grande problema de infraestrutura. As péssimas condições da BR 364 chegaram às ruas do município que parece ter sofrido um bombardeio, tamanho o número de buracos. O município completou 53 anos de fundação com vários protestos, inclusive de taxistas que atuam no trecho Manoel Urbano/Rio Branco.

A rua Mendes Araújo, uma das principais da cidade, se transformou em um caminho estreito. Quando chove até as bicicletas ficam impossibilitadas de trafegar no local. A situação ficou tão precária que, aos 62 anos, o produtor agropecuário, com ensino médio completo, eleito em 2012 pela primeira vez com o apoio dos partidos PP, PMDB, PSC, PPS, DEM, PSD e PT do B, o prefeito Ale ameaçou renunciar ao cago.

A chegada da empresa Agrocortex foi uma esperança para o povo de Manoel Urbano. Os empresários prometeram a consolidação de gerar 350 postos de trabalho. Foi o maior projeto de manejo sustentável de florestas e o maior projeto de manejo certificado do Brasil.

Financiada por investidores europeus, a empresa Agrocortex Madeiras do Acre Agroflorestal Ltda, do grupo português Domínio Capital, vai explorar nos próximos 30 anos um plano de manejo florestal sustentável numa área de 190.210 hectares nos estados do Amazonas e do Acre. Trata-se de um investimento de R$ 100 milhões, dos quais já foram investidos R$ 80 milhões em seu complexo madeireiro na margem direita do Rio Purus, no município de Manoel Urbano (AC), a 230 quilômetros de Rio Branco, onde duas serrarias já estão em operação, mas ao todo serão dez serrarias até o final do ano.

Fonte - ac24horas.com

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.