DEPUTADO JESUÍNO PARTICIPA DE PROGRAMA DE RÁDIO E ESCLARECE ALGUNS TEMAS

O Deputado Jesuíno Boabaid (PMN) participou do programa “Fala Porto Velho”, apresentado por Jonatas Trajano, na Rádio Boas Novas 600 AM KHZ.
Terça-Feira, 29 de Novembro de 2016 - 17:52

O Deputado Jesuíno Boabaid (PMN) participou do programa “Fala Porto Velho”, apresentado por Jonatas Trajano, na Rádio Boas Novas 600 AM KHZ. Na oportunidade o parlamentar pôde comentar sobre inúmeros assuntos, dentre eles Segurança Pública, militarização de escolas Estaduais e energia elétrica. Respondeu ainda questionamentos feitos por ouvintes.

MILITARIZAÇÃO DAS ESCOLAS

O primeiro tema abordado foi a militarização de algumas Escolas Estaduais, que atingiram todo o Estado de Rondônia. O radialista comentou com Boabaid sobre a realidade que se vive a educação no Estado. “Já fiquei sabendo de um caso onde o professor chamou a atenção de um aluno e acabou sendo ameaçado por isso” disse. Para Trajano, a militarização trará consigo a segurança dos professores disciplinar com mais segurança.

Trajano relatou ainda que certa vez uma mãe o procurou para relatar que o seu filho teria ido ao banheiro da escola e encontrado alguns alunos usando drogas. Os usuários ainda ofereceram o entorpecente para o aluno. Boabaid comentou que a militarização ajudará a reduzir consideravelmente o índice de uso e venda de drogas nas dependências das escolas que possuem este histórico. “O ideal é que se zere o índice da venda e consumo de entorpecentes nas unidades escolares” disse o parlamentar.

Boabaid declarou ainda que a quantidade de Policiais Militares que atuaram nas futuras escolas militarizadas será definido após discussão, levando em consideração os crimes que acontecem nas escolas, bem como a quantidade de estudantes existentes. “Com a militarização das escolas a sociedade só tem a ganhar. Os alunos receberão doutrinas e serão cidadãos responsáveis. Se dependesse de mim, a militarização já teria sido instalada em várias escolas do Estado” comentou.

SEGURANÇA PÚBLICA

Jesuíno comentou que visitou algumas Cidades e Distritos, onde encontrou, por várias vezes, Delegacias sucateadas, sem a mínima condição de abrigar militares com condições para que estes pudessem desempenhar seus trabalhos de uma forma digna. Disse que o orçamento atual, de R$ 11 milhões de reais, é pouco para que a Polícia Militar de Rondônia se mantenha. O valor é gasto para os mais diversos meios, desde pagamento de combustível e armamento. Afirmou ainda que o valor necessário para que a Segurança Pudesse respirar, é de R$ 26 milhões. Outro local que Jesuíno disse que está em precárias condições é o prédio do Instituto Médico Legal, em Porto Velho.

Atualmente o Estado conta com o efetivo da Polícia Militar de aproximadamente 5.300 homens na ativa, sendo que o necessário para uma boa Segurança Pública é de 8.400 policiais militares. “A fronteira é muito extensa e vulnerável ao tráfico de drogas, armas e demais materiais contrabandeados” concluiu.

INVASÃO DE TERRAS

No que se refere às inúmeras invasões de terra que estão ocorrendo no Estado, Boabaid afirmou que o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) incentiva a invasão, pois o agricultor que recebe terra do INCRA para plantar café, por exemplo, e não faz a devida plantação, acaba recebendo um mandado de desapropriação e alguns membros do Movimento dos Sem Terra (MST), ou até mesmo Liga dos Camponeses Pobres (LCP) ficam sabendo que as terras estão passíveis de desapropriação e as invadem. “Muitas vidas estão se perdendo devido este conflito agrário que vem ocorrendo. Os invasores matam animais, entram em conflito com funcionários de fazenda e muitas vezes isso termina em morte” relatou.

ENERGIA ELÉTRICA

O radialista Jonatas Trajano comentou com Boabaid sobre o fato de Rondônia possuir duas Usinas e mesmo assim a população pagar uma absurda tarifa de energia elétrica. Em seguida, leu a pergunta de uma ouvinte, que relatou ao parlamentar sobre ter sofrido prejuízos com quedas de energia. Ela perguntou se poderia ser ressarcida pela Eletrobrás. Boabaid afirmou que sim, ela deve ser ressarcida pelos prejuízos ora sofridos. O parlamentar afirmou ainda que irá notificar a Eletrobrás para que seja inserido na fatura de energia, a mensagem deixando o consumidor ciente de que ele será ressarcido caso haja prejuízo com a queima de aparelhos devido quedas de energia. “Salvo engano a Eletrobrás compensa o consumidor prejudicado com desconto nas faturas, mas de qualquer forma, o aviso é necessário” disse.

MULTA PARA DEPUTADOS

Um tema que se tornou polêmico na semana passada, foi Boabaid sugerir que seja descontado o valor de R$ 1 mil reais de cada Deputado que registrar presença no plenário da Assembleia Legislativa e que na hora da votação não esteja presente, salvo sob justificativa plausível. “Os parlamentares recebem um bom salário e devem cumprir seus deveres na casa de Leis. Devem ainda honrar e respeitar cada voto recebido da população” concluiu o Deputado, já na fase final do programa. 

Fonte - assessoria de comunicação

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.