TRIBUNAL DO JÚRI DE CACOAL ABSOLVE RÉUS ACUSADOS DE MATAR ADVOGADO

Diante da decisão do Conselho de Sentença, o juiz julgou improcedente a denúncia formulada pelo Ministério Público e absolveu os quatro réus.
Segunda-Feira, 28 de Novembro de 2016 - 14:33

O Tribunal do Júri da comarca de Cacoal absolveu os réus Cássio Jesus Claros, Jonas de Freitas, Sóstenes Alencar e Vera Lúcia Nunes de Almeida, que foram acusados pela morte do advogado Valter Nunes, na época presidente da OAB em Cacoal. Após cinco dias de julgamento, com longos depoimentos e debates no plenário, por volta das 16h30min da última sexta-feira, 25, o juiz de Direito Carlos Rosa Burck anunciou o resultado em plenário que ficou lotado à espera do veredito, resultado a que se chegou após mais de 50 horas de sessão de julgamento.

Os jurados reconheceram a existência do crime de homicídio, entretanto não atribuíram ao acusado Jonas a autoria direta do assassinato, dando azo à tese das defesas, de que nenhum deles praticou crime. Diante da decisão do Conselho de Sentença, o juiz julgou improcedente a denúncia formulada pelo Ministério Público e absolveu os quatro réus.

A acusação registrou desacordo com a decisão, entretanto o juiz decidiu pelo indeferimento do pleito do MP e, ainda, determinou providências para apuração de eventuais crimes de falso testemunho prestados durante o julgamento. A destinação das armas e jóias apreendidas no processo também foi definida na sentença.

Fonte - Assessoria de Comunicação Institucional

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.