SUBTENENTE QUE MATOU SARGENTO POR MOTIVO FÚTIL ERA USUÁRIO DE DROGAS E TINHA HISTÓRICO DE INDISCIPLINA

José Adelmo era voluntário da reserva remunerada e por ter cometido ato contra o decoro de classe e o pundonor Policial Militar, Adelmo foi excluído do efetivo do Corpo Voluntário de Militares da Reserva Remunerada da Polícia Militar do Estado do Acre.
Segunda-Feira, 28 de Novembro de 2016 - 12:11

O Comandante Geral da Polícia Militar do Acre, Coronel Júlio César dos Santos, assinou a Portaria Nº. 931 (DRH/2016), na edição do Diário Oficial do Estado (DOE) desta segunda-feira, 28, que determina a exclusão do PM subtenente, José Adelmo dos Santos Alves, pelo homicídio banal do colega de farda, sargento Paulo Andrade, ocorrido na última quinta-feira (24), nas dependências do quartel da PM.

José Adelmo era voluntário da reserva remunerada e por ter cometido ato contra o decoro de classe e o pundonor Policial Militar, Adelmo foi excluído do efetivo do Corpo Voluntário de Militares da Reserva Remunerada da Polícia Militar do Estado do Acre. A Portaria entra em vigor no dia seguinte ao cometimento do crime.

Fonte - ac24horas.com

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.