SESAU CAPACITA PROFISSIONAIS DA SAÚDE DOS 52 MUNICÍPIOS DE RONDÔNIA PARA ATENDER AOS NOVOS GESTORES

Cerca de 30 profissionais participam até sexta-feira (25) do curso no Rondon Palace Hotel, em Porto Velho.
Terça-Feira, 22 de Novembro de 2016 - 15:25

De acordo com a Coordenadora de Apoio, Regionalização e Descentralização do Sistema Único de Saúde (SUS), Marta Duarte, a oficina de capacitação tem duração de três dias e discute toda a política de saúde pública. Entre as temáticas abordadas, estão as estratégias traçadas pelo estado para contribuir com os municípios, formas para levar mais qualidade nos serviços, a organização da rede básica, o banco de dados para o sistema de informação(e-SUS), o processo de capacitação de educação permanente para as equipes de saúde da família e o apoio as regiões consideradas como polo matriz no projeto.

Para construir conhecimento aos novos gestores, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) convidou o diretor do Núcleo de Informática da Secretaria Municipal de Saúde de Arujá (SP), Paulo Alves Gomes, que conta com vasta experiência em saúde pública, orientando nove municípios. A troca de experiências na utilização do sistema de informação (e-SUS), a organização dos municípios, com a aquisição de equipamentos, a implantação de infraestrutura da rede e o treinamento em recursos humanos para todos os profissionais de saúde são alguns assuntos a serem tratados ao longo das atividades. A ideia é conscientizar os gestores para que atendam às exigências do Ministério da Saúde, como o envio de informações mensalmente para evitar a perca dos repasses federais aos municípios e obedecer às exigências da Portaria 3.462, de 11 de novembro de 2010; e ao oficio de 3 de novembro de 2016, que tratam sobre a criação e padronização de uma base de dados referentes a atenção básica.

Para o secretário estadual de Saúde de Rondônia, Williames Pimentel, formar profissionais para atuar no Sistema Único de Saúde é desafiante, pois “trazer esse profissional para o campo real e a prática do dia a dia é muito importante para resolver os problemas encontrados na saúde. Os gestores têm como obrigação oferecer um atendimento humanizado de qualidade e com rapidez. As capacitações nos ajudam a realizar o trabalho com eficiência e cuidado que o usuário necessita e merece”, ressaltou.

Fonte - rondoniaro

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.