VIDA RIBEIRINHA E ARQUEOLOGIA SÃO TEMA DE EXPOSIÇÃO NO MUSEU DA MEMÓRIA RONDONIENSE, EM PORTO VELHO

No período da exposição, também será apresentado o laboratório de arqueologia, mostrando todo o processo de análise arqueológica e documentários.
Quinta-Feira, 03 de Novembro de 2016 - 15:39

Da próxima segunda-feira (7) ao dia 15 de dezembro acontecerá no Museu da Memória Rondoniense, antigo Palácio Presidente Vargas, em Porto Velho, a exposição “Memórias do Rio, Paisagens no Madeira”, que tem por objetivo mostrar as histórias e experiências  na vida das pessoas com o rio e também os estudos científicos voltados à arqueologia das comunidades ribeirinhas. No período da exposição, também será apresentado o laboratório de arqueologia, mostrando todo o processo de análise arqueológica e documentários.

A exposição conta com a parceria da Superintendência Estadual da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel), as empresa Arcadis, Procea e Fercant Arkhaios com o Departamento de Arte (Dartes) da Universidade Federal de Rondônia (Unir) e de Arqueologia (Darq), onde serão expostos os trabalhos de pesquisas de campo nos sítios arqueológicos Santa Paula e Donza, que ficam na margem esquerda do rio Madeira. Também serão apresentados relatos, fotografias e vídeos das comunidades ribeirinhas.

Para a diretora do museu, Ednair Rodrigues, a exposição da vida ribeirinha deve atrair diferentes públicos para conhecer o espaço, que hoje é mais frequentado por acadêmicos dos cursos de história, geografia, arquitetura e arqueologia.

Desde 2014 aconteciam as escavações no sitio arqueológico Santa Paula, onde foram encontrados três metros de profundidade de terra preta, cerâmicas e montes de terra. Segundo a coordenadora da exposição, Silvana Zuse, esses montes de terra demonstram que houve manifestação de povos, e possivelmente esses morros seriam para construir casas.

No sítio arqueológico de Donza, foram encontrados fósseis humanos e urnas funerárias que também serão apresentados na exposição.

Outras atividades são preparadas para o museu, como visita guiada, onde serão mostrados para o público a exposição, os trabalhos do museu e uma sala interativa para elaboração de gravuras rupestres. 

Fonte - rondonia.ro

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.