ALUNOS DO MUNICÍPIO DE ROLIM DE MOURA RECEBEM AULAS DE PRESERVAÇÃO

O Viveiro Educador é um exemplo claro de que o Banco da Amazônia procura investir em projetos que buscam a valorização e o respeito ambiental da Região Amazônica.
Sexta-Feira, 28 de Outubro de 2016 - 17:35

“Aprendemos a plantar uma árvore e como cuidar da natureza” assim explicou João Pedro, de nove anos, aluno do ​​ quarto ano da escola municipal Monteiro Lobato. Ele é um dos participantes do projeto Viveiro Educador, idealizado pela associação ambientalista  Ecoporé, em parceria com o Banco da Amazônia.

Este projeto levou atividades educacionais voltadas para a área do meio ambiente a cinco escolas públicas do município de Rolim de Moura. A ação ocorreu no inicio do mês de outubro e contemplou diretamente 381 alunos em sua primeira etapa.

Para o biólogo e coordenador do projeto, Leonardo Amaral, a educação ambiental é uma estratégia fundamental para enfrentamos a atual desvalorização da natureza. “O envolvimento das crianças é fundamental para o sucesso da ação, elas são agentes multiplicadores, vão repassar para a família a necessidade e a reflexão quanto à problemática ambiental, ajudando assim, na formação de uma consciência ambiental pautada em sustentabilidade” defende Leonardo.

Umas das escolas a apoiar a ação foi a Escola Municipal Monteiro Lobato, escola em que João Pedro estuda. Nesta instituição de ensino, as atividades contemplaram diretamente 4 turmas com idade de 7 a 12 anos. No local além das palestras, os alunos desenvolveram uma horta escolar, onde tiveram a oportunidade de por em prática todos os ensinamentos de sala de aula. A horta também beneficiará a merenda escolar.

Já os alunos do Instituto Estadual de Educação Rural Abaitará, tiveram uma aula diferente. Os estudantes do quinto ano colocaram em atividade o plantio de 150 mudas de ipês, fortalecendo assim a arborização do ambiente escolar.

O Viveiro Educador é um exemplo claro de que o Banco da Amazônia procura investir em projetos que buscam a valorização e o respeito ambiental da Região Amazônica. Todos os anos é lançado o Edital de Patrocínio, modo da instituição de incentivar ações que buscam a valorização e o cuidado à biodiversidade.

Associação Ecoporé - História

A Ação Ecológica Guaporé – (Ecoporé) é uma associação ambientalista sem fins lucrativos, que conta com apoio de voluntários e de patrocínios para execuções dos seus projetos sociais. Criada em 1988 à Ecoporé tem a missão de promover a defesa de bens, como direitos sociais e coletivos, relativos ao meio ambiente.

 

 

 

Fonte - Marcos M. Silva/ASCOM/Superintendência Regional de

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.