VAMPIROS(AS) REACIONÁRIOS DO PODRE JUDICIÁRIO ROUBAM DIREITOS DOS TRABALHADORES

As despesas do STF cresceram R$ 51 milhões, quase 10%, nos últimos dois anos, segundo a Lei Orçamentária Anual 2012 e 2014.
Sexta-Feira, 28 de Outubro de 2016 - 11:38

A semifeudalidade, a subs­­­­erviência aos interesses imperialistas, aos banqueiros, aos grandes grupos econômicos e a desonestidade, são marcas das recentes decisões da podre, reacionária e patronal “suprema” corte do judiciário brasileiro.

Em últimas decisões, o STF (“supremo tribunal federal”) acabou com o direito legítimo dos aposentados com valores miseráveis e que tiveram de voltar a trabalhar, de ter o reajuste de suas aposentadorias com base nos novos valores que passam a pagar para a Previdência Social. O STF investiu contra o direito de greve dos servidores públicos, impondo o corte de salário dos servidores em greve. Também impuseram o fim da vigência automática das convenções coletivas de trabalho, propiciando a patronal a retirada de diversas cláusulas de direitos trabalhistas através da postergação ou não renovação das convenções coletivas.

O STF é composto por onze “ministros”. É uma casta de marajás indicados exclusivamente pelos ocupantes do cargo de gerente-presidente do Brasil, qual seja, a matilha Sarney, Collor, FHC, Lula e Dilma. Esse podre e arbitrário sistema judiciário, serviçal dos ricaços, torra 1,3% do PIB nacional. Os onze ministros do STF mobilizam estrutura de mais de 2 mil funcionários, entre efetivos, comissionados e terceirizados, a um custo de R$ 564 milhões aos cofres públicos. As despesas do STF cresceram R$ 51 milhões, quase 10%, nos últimos dois anos, segundo a Lei Orçamentária Anual 2012 e 2014.

Sem contar as inúmeras mordomias e outras prebendas, a remuneração mensal de juízes e procuradores no Brasil é de R$ 46 mil reais. Isso, sem falar nas grossas propinas que certamente embolsam com essas absurdas decisões que entopem ainda mais os cofres das transnacionais, grandes empresas e latifundiários. São inúmeras as mordomias de “vossas ‘delinquências’ do STF”, como, diárias para custear viagens fora de Brasília, reembolso de gastos com alimentação e hospedagem para custear deslocamentos com finalidade particular, passagens aéreas grátis para os magistrados e familiares com um esquema seleto de embarque, carros luxuosos com motoristas à disposição 24 horas, até sete seguranças à disposição, dia e noite, apartamentos funcionais gratuitos, gabinetes luxuosos, um rol de funcionários(as), auxílio-moradia, auxílio-alimentação, auxílio-paletó, vale-revistas/livros, férias de 60 dias além de vários outros recessos no decorrer do ano, viagens internacionais,  etc e etc.

Os cortes de direitos trabalhistas, previdenciários e sociais perpetrados por Temer tem a parceria e a cumplicidade desse decrepito sistema judiciário do Brasil e sua cúpula, os vampiros(as) e múmias do STF, que mantêm completamente intactos os seus privilégios e suas mordomias. O STF integra a quadrilha que sangra e rouba os trabalhadores(as) e aposentados(as) brasileiros(as).

É nítida a total falência e podridão dessa minoria que domina o Brasil à serviço dos interesses imperialistas, dos grandes grupos econômicos e o latifúndio.

Fonte - Liga Operária

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.