DEL NERO PERDE AÇÃO EM QUE PEDIA INDENIZAÇÃO DE R$ 50 MIL A ROMÁRIO

Dirigente terá de arcar com custos do processo, cujo valor não foi especificado, e outros R$ 2,5 mil de honorários advocatícios.
Quarta-Feira, 26 de Outubro de 2016 - 17:45

Em setembro, o juiz Og Cristian Mantuan, da 39ª Vara Cível de São Paulo, julgou improcedente uma ação por danos morais movida pelo presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, contra o senador Romário (PSB-RJ).

A defesa do dirigente entrou com recurso e, na última segunda-feira (24), a Justiça manteve a decisão anterior. Desta forma, Del Nero terá de arcar com os custos do processo, cujo valor não foi especificado, e outros R$ 2,5 mil de honorários advocatícios. As informações são do blogueiro Marcel Rizzo, do Uol.

O imbróglio começou em março de 2014 quando, ainda deputado federal, Romário integrava a Comissão Permanente de Turismo e Desporto da Câmara. Em 12 de março daquele mês, em declaração referente à organização a Copa do Mundo, o ex-jogador chamou Del Nero e José Maria Marin de "ratos", o que motivou a ação na qual o atual presidente da CBF pedia indenização de R$ 50 mil.

O juiz argumentou que deu ganho a Romário tendo em vista a imunidade parlamentar que, na visão do magistrado, "serve também como forma de permitir a liberdade dos representantes do povo de apontar irregularidades apuradas, sem que temam retaliações pelos denunciados''.

Fonte - noticias ao minuto

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.