PROJETO CASTANHEIRA MOVIMENTA COMUNIDADE DO BAIRRO CIDADE DO LOBO EM ESCOLA CAPITÃO CLÁUDIO NA ZONA SUL DE PORTO VELHO

O Projeto Castanheira é uma ação que faz parte do seu Programa de Extensão e que tem como foco resgatar o compromisso com o desenvolvimento da comunidade com a oferta de vários serviços de saúde, lazer, educação, e resgate da cidadania.
Ter�a-Feira, 25 de Outubro de 2016 - 20:03

Além de ser uma Instituição comprometida com a educação e o ensino de qualidade, as Faculdades Integradas Aparício Carvalho (FIMCA), e Metropolitana, primam por manter valores, como respeito e a solidariedade, o Projeto Castanheiras é uma forma de demonstrar parte disso com ações de acadêmicos, coordenadores e colaboradores, todos voluntários em busca de um único propósito: ajudar o próximo.

O projeto visa contribuir para revitalizar o ensino, consolidar práticas de gestão, desenvolver trabalhos interdisciplinares, tudo isso em beneficio da comunidade, proporcionando aos alunos a consciência da responsabilidade social e ambiental, que deverá pautar suas futuras atividades como profissionais.

A ação ocorreu no último sábado, 22/10, onde vem  sendo desenvolvida em temas e também fora da Instituição, a escola beneficiada nessa 2ª edição deste ano foi Capitão Cláudio, no bairro cidade do lobo, zona sul da cidade,das 08 as 13h, justamente para movimentar mais a comunidade Portovelhense.A programação mobilizou professores, acadêmicos e a coordenação de 28 cursos de graduação da FIMCA e da Faculdade Metropolitana, que atuou como parceira no projeto.

O Projeto Castanheira é uma ação que faz parte do seu Programa de Extensão e que tem como foco resgatar o compromisso com o desenvolvimento da comunidade com a oferta de vários serviços de saúde, lazer, educação, e resgate da cidadania.

Klenia Borges, coordenadora do Núcleo de Pós Graduação e Extensão, fala da satisfação em realizar esse projeto. “Nós estamos alcançando nosso objetivo que é justamente atender não só a comunidade, mas também as escolas de ensino médio, para esses alunos irem conhecendo os cursos que a Faculdade oferece, aproximando assim a FIMCA e Metropolitana da comunidade e esse ano estamos trabalhando com grupos temáticos, onde cursos interligados puderam elaborar e mostrar passo a passo como tudo funciona, desde o seu inicio até o resultado final. Ver o envolvimento dos alunos, professores, coordenadores e da comunidade, da muito orgulho, é trabalhoso sim, mas é compensador, e ver tudo isso acontecer nós dá mais força para continuar e fazer cada ano melhor”. 

Durante a ação os moradores do bairro usufruíram dos serviços de verificação de pressão arterial e orientações em saúde; feira de exposições de plantas medicinais;entrega de mudas de árvores; exames de glicemia capilar; exames de sangue; entrega de hipoclorito de sódio e orientação sobre o uso; oficina ecológica; elaboração de currículo; cálculos trabalhistas; brincadeiras educativas sobre alimentação; teatro de fantoches; ginástica laboral; palestras; triagem; exame e encaminhamento para a clínica odontológica da FIMCA; orientações sobre PIS e PASEP; degustação e distribuição de receitas; leiturae orientações sobre os riscos das doenças cardiovasculares e infecções sexualmente transmissíveis;consulta ginecológica e coleta de preventivo; triagem auditiva; corte de cabelo; entre outros. 

O Projeto Castanheira é realizado duas vezes por ano e nesta edição foram realizados 251 atendimentos. 

Fonte - Assessoria

Coment�rios

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.