SEMINÁRIO RURAL DISCUTE POTENCIALIDADES DE ALVORADA DO OESTE

Durante o evento estão sendo discutidos temas como: café, produção leiteira, piscicultura, horticultura, produção de inhame e práticas agroecológicas.
Quinta-Feira, 20 de Outubro de 2016 - 15:33

Desde ontem (19), técnicos e extensionistas estão reunidos com produtores rurais na quadra poliesportiva local, para discutir políticas públicas de desenvolvimento socioeconômico e tecnológico para o terceiro setor de Alvorada do Oeste. O Seminário rural, realizado através da parceria Governo do Estado, Emater-RO e Sebrae, é uma oportunidade para o produtor rural trocar experiências, conhecer as tendências de mercado e as novas tecnologias que estão revolucionando as práticas no campo.

Segundo informações do Sebrae, “o Seminário Rural constitui uma forma de atendimento, difusão de conhecimento e capacitação, com ênfase às necessidades do produtor rural quanto aos aspectos de gestão do empreendimento rural, tecnologia, mercado, legislação, políticas públicas e serviços financeiros inerentes às atividades, vinculadas a aptidão econômica do município”. Durante o evento estão sendo discutidos temas como: café, produção leiteira, piscicultura, horticultura, produção de inhame e práticas agroecológicas.

Geovani Tomiazzi, gerente do escritório da Emater em Alvorada do Oeste, explica que o objetivo principal desse seminário é fortalecer os setores produtivos rurais e contribuir não apenas para o crescimento econômico do município, mas também visando a melhoria da qualidade de vida das famílias rurais. “Informações hoje, grande resultados amanhã”, complementa Luciano Brandão, gerente do escritório regional da Emater na região do Território do Vale do Guaporé.

Durante os três dias de evento os produtores rurais participam de palestras com especialistas dos organismos parceiros como: Embrapa, Unir/Rolim de Moura, Idaron e iniciativa privada (Juninho Soft Café, Agrodinâmica, Facimed), que discutem e aprofundam os temas de acordo com a realidade e necessidade da região. O evento conta também com um convidado da Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária de Pernambuco (IPA) que trouxe o tema “produção de inhame: plantio e colheita”, um dos carros-chefes do desenvolvimento econômico local.

 O primeiro dia de Seminário foi dedicado à cultura do café iniciado com um panorama da cafeicultura local. Também foram discutidos assuntos abordando temas como: “práticas sustentáveis no cultivo do café”, “controle de pragas e doenças no café clonal”, “manejo nutricional de cafeeiros clonais cultivados na Amazônia” e “o café que o mercado quer”. A discussão girou em torno da melhoria da qualidade do grão para alcançar as exigências do mercado atual.

Fonte - emater ro

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.