TERROR ASSOLA PRESÍDIOS E UNIDADES DE INTERNAÇÃO DA CAPITAL

Até quando vamos ter que noticiar essa lamentável crise, agora enfrentada também nas unidades que deveriam educar menores em conflito com a lei?
Terça-Feira, 18 de Outubro de 2016 - 13:26

Porto Velho, RO– Após um final de semana violento na capital Rondoniense, a semana também iniciou com 8 mortes no presidio Ênio Pinheiro entre briga de facções criminosas. Pode parecer um fato isolado, mas nas unidades socioeducativas a violência contra os servidores também são registradas diariamente e muita das vezes os registros ficam apenas escritos em papéis.

Nas últimas semanas, adolescentes infratores com chuncho na mão tentaram mais uma vez contra a vida de socioeducadores, e como de praxe, os marginais são detidos e levados até a Central de Flagrantes, onde vários boletins de ocorrência são registrados, mas de fato, a morosidade da justiça chega a inflamar os ânimos, pois é nos corredores, que os socioeducadores são sujeitos e escutar dos menores, “a justiça está ao meu favor, seu servidor de merd..”

Na segunda-feira (17) os menores em conflito com a lei da Unidade de Internação II, que fica localizada na Avenida Amazonas também resolveram “colocar combustível” na unidade. Vários colchões, baldes, refletores foram quebrados e queimados, o Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado para combater as chamas e novamente, servidores agredidos e ameaçados.

Nos corredores os menores afirmam em alto e bom som, que as facções criminosas também se faz presente no sistema sócio educador. A Polícia Militar foi acionada e conseguiu rapidamente conter o motim dos infratores. No local, também há jovens que cumpre pena.

Até quando vamos ter que noticiar essa lamentável crise, agora enfrentada também nas unidades que deveriam educar menores em conflito com a lei?

Fonte - Anderson Nascimento - Newsrondonia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.