FELIZ DIA DA CRIANÇA, ASSASSINOS E BANDIDOS QUE ESTÃO NAS RUAS!

Pais que perderam filhos para esses facínoras; empresários que perdem tudo para assaltantes e ladrões; familiares que viram suas crianças serem mortas ou estupradas ou as duas coisas, são obrigados a, em algum momento, andar pela rua, acompanhados das suas lágrimas e sua tristeza eterna, e caminhar ao lado daquele que violentou e destruiu suas famílias
Quarta-Feira, 12 de Outubro de 2016 - 09:55

O festival nacional de soltura de presos, agora no Dia da Criança, beneficia criminosos de todos os tipos. Inclusive uma criancinha muito doce, Suzane Von Richthofen, que assassinou os pais apenas por dinheiro e que, em todos os feriadões e datas importantes recebe o benefício de andar livre, leve e solta pelas ruas. Os 39 anos de cadeia a que foi condenada (matar os pais, nos Estados Unidos daria prisão perpétua sem direito a qualquer benefício ou pena de morte, dependendo do Estado), vão acabar se tornando um entra e sai ridículo, graças às leis brasileiras de incentivo, apoio e sustentação ao crime. Sob o dócil argumento (como se todos fôssemos idiotas!), que o preso deve ser reintegrado à sociedade, os defensores, cheios de amores pela bandidagem, “vendem” sua ideia humanista, enquanto, nas sepulturas, as vítimas se retorcem, já que nunca mais poderão ter nenhum benefício. Pais que perderam filhos para esses facínoras; empresários que perdem tudo para assaltantes e ladrões; familiares que viram suas crianças serem mortas ou estupradas ou as duas coisas, são obrigados a, em algum momento, andar pela rua, acompanhados das suas lágrimas e sua tristeza eterna, e caminhar ao lado daquele que violentou e destruiu  suas famílias. Rezam os defensores dos direitos humanos dos canalhas e celerados pelos seus queridinhos, mas nunca derramam uma lágrima pelos que eles trucidam. Se o fizessem, ao menos demonstrariam um pouco de humanidade. Não o fazem, porque sua ideologia está acima dessas bobagens.

Chegou mais um Dia da Criança. Em média, 82 jovens e crianças são assassinados no Brasil todos os dias. Raramente um criminoso é condenado e cumpre toda a sua pena. Matar criança pode. Cumprir toda a sentença, até o último dia, de jeito nenhum!, porque isso fere os direitos humanos dos coitados dos assassinos. Um dia, no futuro, a sociedade brasileira tratará com escarnio e dor esses anos em que nos curvamos, via leis vagabundas e criminosas, em favor de quem extermina nossos pequenos. Feliz Dia da Criança, Suzane!

SABATINA E OS DINOS

Nessa e na próxima semana, os dois candidatos à Prefeitura de Porto Velho, serão sabatinados na SICTV/Rondônia e na Rádio Parecis FM. Nessa quinta, dia 13, o primeiro a ser sabatinado pelos jornalistas Léo Ladeia e Sérgio Pires, no programa Cidade Alerta Rondônia, a partir das 17h50. Na sexta, dia 14, mesmo programa, mesmos entrevistadores e mesma TV, será a vez de Léo Moraes. As sabatinas realizadas na SICTV, no primeiro turno, ficaram caracterizadas pela dureza das perguntas,  para todos os sete concorrentes. O mesmo vai se repetir nessa semana. Já nos dias 17 e 18 (segunda e terça), os dois finalistas do segundo turno serão sabatinados pelos Dinossauros, no programa Papo de Redação, na Parecis FM (98.1 no dial). Segunda é Hildon. Terça é Léo. Tanto na TV como na rádio, quase uma hora de entrevistas. Mais uma chance do eleitorado avaliar os dois...

SETE A UM

Apenas um, o deputado Expedito Netto, da bancada federal de Rondônia, votou contra a PEC 241, que reduz drasticamente os gastos púbicos e que foi aprovada por ampla maioria, muito acima do mínimo necessário, na Câmara Federal. Os outro sete deputados Lindomar Garçon, Nilton Capixaba, Luiz Cláudio, Mariana Carvalho, Marinha Raupp, Lúcio Mosquini e Marcos Rogério votaram a favor. É realmente uma proposta complexa, que pode causar graves problemas para setores vitais como saúde e educação. Mas, se tal medida não for tomada agora, o país pode, daqui a muitos poucos anos, simplesmente quebrar. Expedito Neto votou com a oposição, de olho na próxima eleição. Os demais, dessa vez, votaram de olhos num futuro bem mais distante. A História dirá quem tem razão.

PORQUE NÃO TE CALAS?

Meia dúzia de esquerdistas, desses que ajudaram a enterrar o país e se locupletaram das nossas riquezas e ainda arrotam sapiência e críticas ao governo sucessor, andam falando uma besteira atrás da outra. Dona Jandira Fegalli, por exemplo, uma nulidade para o país, que nada fez, nada criou, nada ajudou enquanto parlamentar (e calou-se ante os enormes escândalos de roubalheira contra nossos cofres públicos), agora arvora-se de “defensora do povo pobre!”. Enquanto muitos dos seus companheiros metiam a mão na grana, distribuindo-a farta e ilegalmente entre a “cumpanheirada”, dona Jandira ficou de boca calada. Agora, seria muito bom fechá-la e parar de dizer asneiras. O Brasil tem pressa para ainda tentar ser salvo depois da passagem do  furacão destruidor dos petistas e seus aliados. Jandira, por que não te calas?

MILAGRE NO JP II

Tem que tirar o chapéu quando profissionais, geralmente anônimos, realizam algo digno de todos os aplausos. Foi o que fizeram os médicos José Marcelo e Edmar Maurício, cirurgiões buco faciais, que reconstruíram o rosto de um agricultor, parcialmente destruído num acidente com uma motosserra no Distrito de União Bandeirantes. Heilton Alves, que poderia ficar com o rosto deformado pelo resto da vida, não cabe em si de alegria e agradecimentos. As cirurgias foram realizadas no Hospital João Paulo II. Serão necessárias ainda pelo menos mais duas intervenções, para que toda a face volte à aparência quase normal. Custo zero. O trabalho da equipe do João Paulo mereceu elogios em todos os setores do Governo. Williames Pimentel, que recém voltou ao cargo, foi um dos que emitiu nota destacando o excelente trabalho da equipe do hospital.

TRATAMENTO HORROROSO

O abuso contra o cidadão, contra o contribuinte, se transformou numa norma dentro do serviço público brasileiro e também em organizações como os bancos, que tratam seus clientes quase como gado. Depois de uma longa greve, que causou grandes prejuízos a milhares de pessoas, os bancos reabriram em Rondônia prestando um péssimo serviço. Filas enormes, atraso na abertura de agências, caixas eletrônicos de terceiro mundo, a maioria sem funcionar, enfim, uma baderna, mostraram a forma como o brasileiro e o rondonienses são tratados. E isso serve para vários órgãos públicos também, movidos à má vontade e burocracia, como se muitos atendentes (servidores pagos com dinheiro do cidadão e da cidadã), estivessem fazendo um enorme favor em prestar algum tipo de serviço. Uma vergonha!. Até quando vamos suportar esses abusos?

PERGUNTINHA

Será que um dia não teremos mais que aguentar esquerdopatas doentios se fazendo de mortos pra ganhar sapato novo, criticando a tudo e a todos, como se não fossem eles os responsáveis pela quase destruição do nosso país?

 

 

Fonte - Sergio Pires

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.