PRESO DA LAVA JATO TEM CELULAR, VINHO BRANCO E COMIDA ESPECIAL

"Aqui ele tem acesso a aparelho celular, a visitas exclusivas de agentes públicos, bebe vinho branco, come comida especial (...)", denuncia preso.
Terça-Feira, 11 de Outubro de 2016 - 17:17

Preso da Lava Jato, o ex-diretor de Planejamento, Gestão e Meio Ambiente da Eletronuclear Persio Jordani, foi denunciado por detento por ter subornado agentes para ter regalias como alimentação especial, vinho branco, celulares e visitas exclusivas.

Jordani está preso desde o dia 6 de julho no Presídio Ary Franco, no Rio de Janeiro. Ele foi acusado na Operação Pripyat, um desdobramento da Lava-Jato, de receber propina da Andrade Gutierrez para facilitar a vida da empreiteira nas obras de Angra 3.

De acordo com O Globo, a denúncia foi feita por um detento via carta enviada ao juiz federal Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, responsável pelo processo.

(...) Aqui ele tem acesso a aparelho celular, a visitas exclusivas de agentes públicos, bebe vinho branco, come comida especial (...)

Fonte - Noticias ao minuto

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.