SOLENIDADE COMEMORA OS 13 ANOS DA ESCOLA DO LEGISLATIVO

Presidente da ALE Maurão de Carvalho esteve participando da solenidade
Terça-Feira, 20 de Setembro de 2016 - 17:09

Uma solenidade na manhã desta terça feira comemorou os 13 anos de criação da Escola do Legislativo, com a presença do presidente da Assembleia, Maurão de Carvalho (PMDB), dos deputados Jean Oliveira (PMDB), Dr. Neidson (PMN) e Edson Martins (PMDB), além do servidor Max Barbosa, idealizador da Escola e seu primeiro diretor e Florian Madruga, presidente da Associação Brasileira das Escolas do Legislativo e de Contas (Abel).

O presidente Maurão de Carvalho admitiu que realmente ocorrem pressões para se fechar o Centro Médico e a Escola do Legislativo, mas que conta com o apoio de vários deputados para manter as ações da instituição. Maurão elogiou os instrutores da escola e a qualidade dos cursos. Anunciou que quando o novo prédio da Assembleia Legislativa for concluído, a Escola ocupará as atuais instalações do Poder Legislativo.

O diretor da Escola do Legislativo César Licório destacou que a instituição já atendeu 120 mil pessoas, disponibiliza 60 cursos e promove uma importante ação social ao distribuir leite em pó para entidades assistenciais.

Ele lembrou que a Escola tem a missão de qualificar os servidores do Legislativo e anunciou que pretende expandir a atuação para as câmaras de vereadores.

O deputado Dr. Neidson enfatizou algumas ações da Escola realizadas no interior e defendeu a necessidade de uma atuação maior, inclusive na área de saúde.

O deputado Jean Oliveira lembrou que a Escola foi criada pelo seu pai, Carlão de Oliveira, então presidente da Assembleia Legislativa. Elogiou a atuação do atual presidente, Maurão de Carvalho, mas exigiu maior apoio para a Escola, afirmando que por várias vezes a atuação foi restringida em razão da limitação de gastos do Poder Legislativo.

O deputado solicitou ainda, a retomada do Projeto Intercâmaras, que reúne todos os legislativos municipais em ações de capacitação e intercâmbio

O deputado Edson Martins falou sobre a importância da Escola do Legislativo e da necessidade de apoio aos municípios: “Muitas prefeituras tem perdido verbas de convênios porque não tem pessoal qualificado para elaborar os projetos”.

Em palestra o idealizador da Escola, primeiro diretor Max Barbosa, lembrou os desafios iniciais e o primeiro curso ministrado, destinado aos chefes de gabinetes. “Estou feliz porque a semente deu bons frutos e a Escola é respeitada e valorizada”.

A outra palestra foi do presidente da Abel, Florian Madruga, que abordou “A Importância das Escolas de Governo”. Ele lamentou que eventualmente as pessoas não entendam a importância das escolas, mas disse que não se trata de ser a favor ou contra, e sim de cumprir a Constituição Federal. “Esta lá, na Carta Magna, que a administração pública deve criar suas escolas de governo”.

Florian surpreendeu o auditório ao citar que nunca viu um hino tão bonito, tanto letra e música, quanto o de Rondônia.

Depoimentos

Um momento emocionante da solenidade foram os depoimentos de pessoas, sobre como a Escola do Legislativo influenciou sua vida. O servidor da Assembleia Legislativa, Francisco Guilherme Correa começou a fazer cursos e foi incentivado a prosseguir. Entrou na Universidade e aos 74 anos concluiu um Clarice Rodrigues de Souza tinha apenas o primeiro grau quando entrou para os quadros do Legislativo. Os diferentes cursos da Escola abriram as portas para a universidade. Sua filha, Naiana Oliveira, começou como menor aprendiz participou de vários cursos que lhe abriram as portas do mercado de trabalho. Hoje é uma executiva e comanda sua própria empresa.

Os professores Marcus Loreiro, Adriana Boaventura e Ednéa Bento, iniciaram há mais de uma década os cursos de Libras e hoje a Escola do Legislativo é referência no ensino da Língua Brasileira de Sinais. Eles lembraram um curso ministrado em uma igreja em Cacoal que impactou na comunidade surda e permitiu até que missas e cultos fossem realizados para deficientes auditivos

Ao final foi apresentado um vídeo com a história da Escola do Legislativo

Histórico

A Escola foi inaugurada em 23 de setembro de 2003. Quando iniciou tinha apenas nove cursos e encerrou seu primeiro ano com 599 alunos. Hoje são 120 mil pessoas atendidas e 60 cursos nas áreas de Informática, Comunicação, Gestão Pública e Humanas.

Além de cursos há palestras, oficinas, seminários, workshops, videoconferências e programas de educação para a cidadania. Por vários anos a Escola integrou o Intercâmaras (integração com as câmaras de vereadores em ações de capacitação de servidores) e o Interlegis, projeto que reúne os legislativos estaduais e o Congresso Nacional para capacitação e intercambio.

A Escola foi a primeira instituição de ensino do Poder Legislativo no Brasil a ministrar um Curso de Informática para índios, beneficiando as etnias Suruí, Diawuí e Karitiana. Mantém também cursos de informática para terceira idade e deficientes visuais. É pioneira no ensino de Libras (Língua Brasileira de Sinais).

Fonte - ALE/RO - DECOM

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.