MP/RO OBTÉM LIMINAR PARA AFASTAMENTO DE SERVIDORAS DA PREFEITURA DE MONTE NEGRO

Através da mesma medida, também ficou proibido de acessar as instalações da Prefeitura do referido município Wellington Freitas da Silva, que é proprietário da empresa Freitas & Freitas Eng. LTDA.
Quinta-Feira, 04 de Agosto de 2016 - 08:00

O Ministério Público do Estado de Rondônia, por meio da 1ª Titularidade da 3ª Promotoria de Justiça de Ariquemes, obteve medida cautelar de afastamento das funções públicas e de proibição de acesso às instalações da Prefeitura Municipal de Monte Negro/RO das servidoras integrantes da CPL Taynan Nascimento Pinheiro e Cristiane de Lima.

Através da mesma medida, também ficou proibido de acessar as instalações da Prefeitura do referido município Wellington Freitas da Silva, que é proprietário da empresa Freitas & Freitas Eng. LTDA.

Isto porque, em Ação Penal que tramita perante a 3ª Vara Criminal da Comarca de Ariquemes, foi oferecida denúncia em desfavor das pessoas supramencionadas, pela prática dos crimes capitulados no art. 90 da Lei nº 8.666/92 (Lei de Licitações), por terem fraudado a licitude e o caráter competitivo de certames licitatórios. Segundo apurado, houve lances em pregão eletrônico que foram ofertados de dentro da Prefeitura de Monte Negro. Autos nº 0002523-34.2016.8.22.0002.

Fonte - Mpro assessoria

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.