OBRAS EM ANDAMENTO E NOVOS PROJETOS DE ASFALTAMENTO DE RODOVIAS SÃO DISCUTIDOS DURANTE REUNIÃO

O diretor executivo do DER, Celso Coelho, frisou que os três lotes de 30 quilômetros iniciados do 5º BEC para Ariquemes estão bem adiantados, e que devem ser concluídos ainda neste ano.
Terça-Feira, 26 de Julho de 2016 - 14:15

A pavimentação em andamento das rodovias de Ariquemes a Machadinho (RO-257), dos acessos aos municípios de Campo Novo (BR-421) e Pimenteiras (BR-435/RO-399) e o projeto de asfaltamento da Rodovia do Calcário (Espigão do Oeste  e Pimenta Bueno) nortearam a reunião do governador Confúcio Moura com o diretor-geral do DER, Ezequiel Neiva, nessa segunda-feira (25), no prédio do DER, no Palácio Rio Madeira, em Porto Velho.

O diretor executivo do DER, Celso Coelho, frisou que os três lotes de 30 quilômetros iniciados do 5º BEC para Ariquemes estão bem adiantados, e que devem ser concluídos ainda neste ano. Segundo ele, a empresa responsável pelo quarto e último lotes intensificará os trabalhos a partir da próxima semana.O asfaltamento da RO-257, interligando Ariquemes ao distrito do 5º BEC, em Machadinho do Oeste, conforme Ezequiel Neiva, tem 72 quilômetros de extensão, sendo a maior obra de pavimentação de rodovia já lançada pelo Governo de Rondônia. O diretor explicou ao governador que 30 quilômetros de asfalto foram concluídos em 2015, e que os outros 42 quilômetros estão em andamento.

Com as obras de Campo Novo e Pimenteiras, Confúcio destacou que Rondônia teria seus 52 municípios com acessos pavimentados. Frisou que será um marco na história de Rondônia. O governador salientou que os contratos precisam ser fiscalizados de perto, em especial o da BR-421 em Campo Novo, região com muitas rochas, e que serão necessários explosivos para dinamitar as rochas.

O engenheiro Joaquim de Souza, coordenador de Obras Rodoviárias do DER, afirmou que a pavimentação da BR-421 é uma das mais complicadas. “A região é montanhosa, tem muitas curvas e rochas em toda sua extensão”, acrescentou.

No RO-399, de Cerejeiras a Pimenteiras, Ezequiel afirmou que o governo está licitando três lotes, que juntos somam 27 quilômetros de asfalto para a pavimentação. Além disso, o diretor também citou que estão sendo licitadas duas pontes de concreto nesse trajeto. “Esse asfalto é extremamente importante para a região Sul do estado, para o escoamento da produção agropecuária”, justificou.

ESTRADA DA PENAL

Confúcio Moura ainda pediu empenho para o projeto de asfaltamento da Estrada da Penal, em Porto Velho. Neiva explicou que o processo está em licitação, e que a obra (31 quilômetros a partir do presídio Urso Branco) deve começar ainda neste ano. O diretor afirmou, também, que o DER trabalha nos projetos executivo (levantamento topográfico) da RO-471, de Ministro Andreazza até a divisa com Mato Grosso; e no projeto da RO-133 (Rodovia do Calcário).

Ezequiel destacou que o governador Confúcio passou todas essas demandas no início do ano, e que as cobranças são importantes para que o governo possa cumprir seus projetos.

Fonte - assessoria de comunicação

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.