INICIADO O PROCESSO DE REGULARIZAÇÃO DO TAXÍMETRO EM CACOAL

Equipamentos serão instalados nos 46 veículos que prestam serviço de táxi no município.
Quinta-Feira, 14 de Julho de 2016 - 14:53

O taxímetro é uma importante mediada para a regularização do setor, que beneficiará o consumidor com um preço justo pelo serviço e o taxista que terá mais segurança para trabalhar, pois vão estar amparados pela lei- expõe o secretário de Transporte e Trânsito, Gerson Sapper, informando sobre o cumprimento da Lei Federal 12.468 de agosto de 2011 que obriga o uso do taxímetro em cidades com mais de 50 mil habitantes. Ao todo 46 veículos que prestam serviço de táxi no município serão regularizados e o processo está sendo executado pela Prefeitura de Cacoal por meio da Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (SEMTTRAN).

Nesta semana, técnicos do Instituto de Pesos e Medidas do estado de Rondônia (IPEM) realizaram a demarcação na Avenida Marechal Rondon, onde será feito a verificação dos equipamentos, assim que eles forem instalados nos veículos. - A via foi escolhida por ser reta, plana e sem lombadas, fator que facilita a aferição dos taxímetros. Agora, assim que a empresa credenciada instalar os equipamentos nos veículos vamos voltar para avaliar e liberar o serviço-  explica o diretor técnico do IPEM e delegado do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia no estado (IMETRO), Ronaldo Lessa.

Para o presidente da associação dos taxistas do ponto da rodoviária interestadual, Paulo Corá,

a medida que é aguardada pela classe, pois irá regulamentar a forma de cobrança pelo serviço  -A classe é a favor dessa adequação, mesmo porque, além de ser uma lei federal irá acabar com as desconfiança da população em relação os valores cobrados pelo serviço- aponta.

O empresário Sergio Junior, responsável pela empresa que irá fazer a instalação e manutenção dos taxímetros, diz que ainda não existe uma data definida para a instalação dos equipamentos, porém a expectativa é que o serviço seja implantado nos próximos meses. - Assim que o IPEM liberar os documentos que ainda vamos iniciar a instalação. Depois desse processo, a previsão é que o trabalho seja concluído m cerca de 40 dias- revela.

Serviços e valores:

Conforme a tabela repassada pela SEMTTRAN, a Bandeira 1, que é valor inicial cobrado pela corrida em horários normais será de R$: 6. Já o custo do quilômetro percorrido será de R$ 3,00, ou seja, somando o valor da bandeira mais o cobrado para percorrer um quilômetro, o total será de R$9. Já a Bandeira 2, que será praticada das 22 h às 6h, de segunda a sexta-feira e das 19h do sábado às 6h da segunda-feira, o valor por quilômetro será de R$: 4. Essa tarifação será estendida também para os feriados nacionais. Também ficou definido que será cobrado R$ 25 por hora em que o carro ficar parado a pedido do cliente.

Fonte - assessoria

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.