POBRES DE NÓS, QUE TENTAMOS CUMPRIR AS LEIS RIGOROSAMENTE!

Infelizmente, o tema é recorrente. O noticiário policial domina o país, com mais força do que a crise econômica
Quinta-Feira, 07 de Julho de 2016 - 09:23

Infelizmente, o tema é recorrente. O noticiário policial domina o país, com mais força do que a crise econômica, que o impeachment de Dilma; que as Olimpíadas. Não há assunto mais importante na mídia, dos grandes telejornais aos pequenos impressos de comunidades de pequenas populações, no interior do Brasil. O legado que o PT, seus aliados e os defensores dos direitos humanos só dos bandidos estão deixando ao país, na mesma proporção da inércia e do lava mãos do Congresso, amparado também por setores importantes do Ministério Público e do Judiciário, levará pelo menos duas gerações para limparmos o país do crime. Isso se começarmos agora, hoje, o que, lamentavelmente, está longe de acontecer. O banditismo tomou conta, com quadrilhas especializadas, fortemente armadas, com equipamentos de última geração que passam incólumes por nossas fronteiras desguarnecidas, estão mostrando toda a sua força. E o desrespeito pelas forças policiais.

Nessa semana, em São Paulo, 20 homens, com armas que poderiam enfrentar um batalhão da PM ou até do Exército, tomaram uma parte da cidade, destruíram um prédio, mataram um policial e trocaram mais de 40 minutos de tiros com um pequeno contingente de agentes da lei. Roubaram milhões de reais de uma empresa de transporte de valores. Quando pegos (se pegos), receberão tantos benefícios na cadeia que só lhes restará, no pouco tempo que ficarem na grades, planejar outro grande crime, porque sabem da impunidade que os protege.

Isso vale para criminosos individuais; para estupradores, para bandidos que cometem crimes cruéis; para menores que estão gozando da cara da polícia e da Justiça; para marginais que, há mais de duas décadas, vivem na bandidagem, porque sabem que trabalhar é para otário. . Estamos numa grande crise moral, de autoridade, de desrespeito, de falta de vergonha na cara. Pobres de nós, que cumprimos ou ao menos tentamos cumprir  as leis rigorosamente! Estamos mesmo ferrados!

TUDO PELA EDUCAÇÃO

O deputado Aelcio da TV tem se destacado, na Assembleia, por ser um parceiro da educação. Praticamente todas as suas emendas tem atendido as necessidades de escolas da Capital, principalmente. A ação do parlamentar mereceu elogios rasgados da secretária da Seduc, Fátima Gavioli, que o chamou de “grande parceiro da educação”. Na Assembleia, o último a lutar tanto pelo setor (foi, por exemplo, o criador da lei de colocação de ar condicionado nas salas de aula), foi o ex deputado Everton Leoni, no início dos anos 90. Atualmente, é Aélcio quem está seguindo por esse caminho. Diretores de escolas, professores e estudantes têm registrado agradecimentos ao esforçado trabalho do deputado pela educação.

CONFÚCIO E SEUS APOIOS       

O delegado Thiago Flores foi o escolhido para disputar a Prefeitura de Ariquemes pelo PMDB. Num encontro partidário, com a presença do governador Confúcio Moura, ele foi confirmado como pré candidato (a lei eleitoral obriga a se usar essa expressão, como se todos fôssemos doentes mentais e não soubéssemos que o pré candidato será  o candidato) do partido. No mesma reunião, Confúcio confirmou, pela primeira vez em público, que dará todo o apoio ao seu ex secretário Williames Pimentel, o pré do partido em Porto Velho. Até ali, Confúcio não tinha falado sobre o assunto, ao menos em público. O PMDB, ao que parece, aparou as arestas e está indo unido para as eleições municipais em Porto Velho e em todo o Estado. Se não houver as tradições traições, que fazem parte da história do partido, será a primeira vez em muitos anos que isso acontecerá, por aqui.

NOME NOVO

Já o PTB de Nilton Capixaba, seu principal nome no Estado, vai oficializa, em convenção,  o jornalista Roberto Gutierrez como seu candidato à Prefeitura de Ouro Preto do Oeste. Numa cidade onde há lideranças antigas como o do ex deputado e ex prefeito Carlos Magno e da ex prefeitura Joselita (que não quer voltar à política), o combativo jornalista será uma opção nova para suceder Alex Testoni, eleito por dois mandatos. Gutierrez tem falado sobre seus planos e diz que não pretende inventar a roda, na campanha. Vai bater em teclas óbvias, como o incentivo ao agronegócio e principalmente à produção de café e cacau. E que pretende apresentar à comunidade um programa claro de governo, que mantenha o que há de bom e corrija o que está errado.

SEMESTRE DEQUALIDADE

Mais um semestre concluída na Assembleia Legislativa. Mais um período de grande atividade, de participação de lideranças comunitárias de inúmeros setores junto com os deputados estaduais e de portas abertas do Legislativo estadual para a coletividade. O presidente Maurão de Carvalho concluiu mais um período do seu comando na ALE com resultados altamente positivos. Dezenas de audiências públicas e a CPI do Boi, que ajudou a corrigir a situação que era de domínio absoluto dos frigoríficos sobre nossa produção de carne, foram apenas alguns destaques. Registre-se ainda mais um semestre sem escândalos, sem brigas e de cooperação para o crescimento do Estado. Maurão está mostrando ser um político hábil e, ao mesmo tempo, um condutor de grande qualidade no parlamento rondoniense.

PONTES ABANDONADAS

O deputado Luizinho Goebel, representante do Cone Sul, fez duras críticas (outra vez!) ao Dni, pela falta de ação do órgão na BR 429. Várias pontes na rodovia não foram concluídas, causando sérios prejuízos aos moradores da região e, pior que tudo, muitos acidentes fatais. Numa entrevista que concedeu ao jornalismo da SICTV, Luizinho disse que já cobrou, “mais de 100 vezes”, uma ação do Dnit para resolver a situação, mas até agora não foi ouvido, O parlamentar aviso, contudo: não vai desistir das cobranças, enquanto os pleitos das comunidades ao longo da rodovia federal e dos motoristas que nela trafegam não sejam ouvidos.

PERGUNTINHA

Já pediram a internação, num manicômio, da doida varrida Marilena Chauí, a musa da economia petista, por dizer que a Operação Lava Jato é uma armação das grandes empresas americanas de petróleo americanas, para nos tomar o pré sal?

Fonte - sergio pires

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.