DR. NEIDSON DESTACA DIFICULDADES VIVENCIADAS PARA PACIENTES RENAIS CRÔNICOS

Parlamentar destaca dificuldades vivenciadas pelos que precisam de tratamento.
Segunda-Feira, 04 de Julho de 2016 - 15:13

O presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, Dr. Neidson (PMN), está solicitando ao governo do Estado a implantação de alas exclusivas aos pacientes com insuficiência renal crônica, no Hospital de Base, em Porto Velho, e no novo Hospital Regional de Guajará-Mirim. O deputado disse estar preocupado com a situação precária no atendimento a essa parcela da população.

Dr. Neidson, que é médico por formação, explicou que o Estado possui, hoje, cerca de 400 pacientes na hemodiálise à espera de um transplante e que precisam estar com seus exames regularizados. Os deslocamentos frequentes de municípios para o HB é um sofrimento a mais para essas pessoas, que não têm qualidade de vida devido à doença.

Em Guajará-Mirim, segundo o presidente da comissão, o deslocamento dos pacientes para Porto Velho, torna-se, além de oneroso, bastante traumático devido à distância entre o município e a Capital. “Um centro de hemodiálise tornaria a vida dos pacientes menos dolorosa”, frisa Neidson.

A Comissão de Saúde solicitou do governo, através da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), informações detalhadas sobre os exames de biópsias renais e qual o tratamento realizado nos pacientes renais crônicos. Assim, os parlamentares conhecerão a realidade do quadro desses pacientes em Rondônia.

Casa de Apoio

Por fim, o deputado solicitou ao governo a instalação de uma casa de apoio aos pacientes renais crônicos que se deslocam semanalmente para o tratamento em Porto Velho. “Com a casa de apoio, o risco de vida diminuiria e as condições de tratamento melhoram substancialmente”, finalizou Neidson.

Fonte - ale/ro -decom

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.