CASAL É BALEADO EM MOTO E JOVEM FICA COM BALA PRESA AO SUTIÃ

Segundo a Polícia Militar (PM), o casal estava em uma motocicleta de 600 cilindradas, quando foi surpreendido no semáforo da Avenida Sete de Setembro com a Rua dos Pioneiros por uma dupla que chegou em uma moto preta e atirou, acertando primeiro a jovem da garupa
Sabado, 25 de Junho de 2016 - 17:39

CACOAL - Um homem de 29 anos e a namorada dele, de 18, foram baleados na madrugada deste sábado (25) enquanto andavam de moto na BR-364, em Cacoal (RO). Segundo a Polícia Militar (PM), o casal estava em uma moto quando foi abordado pelos suspeitos, que já chegaram atirando. O piloto foi baleado nas costas por dois disparos. Já a namorada foi atingida por um projétil, que perfurou a pele de um dos braços e ficou preso ao sutiã.

Segundo a Polícia Militar (PM), o casal estava em uma motocicleta de 600 cilindradas, quando foi surpreendido no semáforo da Avenida Sete de Setembro com a Rua dos Pioneiros por uma dupla que chegou em uma moto preta e atirou, acertando primeiro a jovem da garupa.

Assustado, o condutor acelerou a moto e entrou na BR-364, sentido Pimenta Bueno. Ao avistar uma viatura da PM, tentou parar o veículo para pedir ajuda, porém o veículo que estava em alta velocidade derrapou e o casal caiu. Com isso, os suspeitos que vinha logo atrás atiraram duas vezes contra o piloto. Os policiais também atiraram contra a dupla que fugiu rumo ao bairro Liberdade.

De acordo com o bombeiro Alberto Luciano Gomes, que trabalhou na ocorrência, as vítimas que aparentemente não apresentavam risco de morte, foram atingidas por três disparos, sendo dois no condutor e um que pegou de raspão no braço da jovem.

"O rapaz, que estava consciente, contou que uma dupla o perseguiu e disparou vários tiros contra ele e a namorada, mas sós dois o atingiram nas costas. No entanto, pelo estado em que ele se encontrava, tudo indica que os projeteis não acertaram nenhum órgão vital. Já a moça recebeu um tiro no braço esquerdo, sendo que o projétil transfixou a pele ficou preso ao sutiã e se soltou na mão do enfermeiro que prestou os primeiros socorros a ela", conta.

Ainda acordo com o bombeiro, o piloto contou que responde pelo crime de homicídio, cometido por legitima defesa.  Após o resgate, às vítimas foram encaminhadas para o Hospital Regional de Urgências e Emergências (Heuro).

A Polícia Militar realizou buscas, mas nem um suspeito foi localizado. A Polícia Civil investiga o caso.

Fonte - G1/vipnoticias

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.