CENTENAS DE IDOSOS PARTICIPAM DE FESTA JUNINA EM CACOAL

Ações da Semast garantem interação e promovem qualidade de vida para terceira idade.
Quinta-Feira, 23 de Junho de 2016 - 15:18

Ao som do bom e velho forró, centenas de pessoas, em sua maioria idosos, participaram nesta quinta-feira (23), da festa junina da terceira idade, organizada pela Prefeitura de Cacoal, por meio da Secretaria Municipal de Ação Social e Trabalho (SEMAST). De acordo com a secretária municipal Mirian Lacerda, cerca de 600 idosos são atendidos com programações no município. – Como forma de oferecer atividades que promovam o bem estar e a socialização deles, uma série de ações são realizadas durante o ano, como festas, palestras, cursos, excursões e a escolha do miss e mister pessoa idosa- expõe.

Com um pique de fazer inveja a muitos jovens, Lolita Lovo, de 68 anos - Miss Terceira Idade de Cacoal Interpretou a noiva de uma das quadrilhas que se apresentaram no evento. Ela conta que para ela é uma honra participar da festividade. - Adoro participar desses eventos, pois além de me divertir muito, servem também de terapia contra várias doenças.  Conheço pessoas que estavam com depressão e depois que passou participar das atividades a doença sumiu. Por isso, enquanto Deus me dá vida quero fazer parte deste grupo. Se possível quero morrer dançando, por isso me faz feliz e ajuda a manter bem fisicamente- disse esbanjando simpatia.

Estímulo e interação

Morando juntos há seis meses, José Alves do Nascimento de 65 anos e Mercedes da Silveira de 65 anos se conheceram em um baile, promovido pela Associação Beneficente dos Idosos de Cacoal (ABIC). Participando pela primeira vez da festa junina da Semast, José Carlos diz que ficou impressionado com a animação do grupo. – Antes, eu morava em Pimenta Bueno, por isso não tinha participado da festa junina ainda. E hoje gostei logo de cara, pois o povo daqui é muito animado e acolhedor, agora só sai daqui carregado- brinca feliz por ter conseguido um companheiro, Mercedes da Silveira conta que o centro também o ajudou vencer uma depressão. – Antes eu tinha uma vida triste e sedentária. Hoje vivo com minha alto estima lá em cima e ainda consigo contagiar as pessoas que estão ao meu redor. Para mim isso que é importante, principalmente para uma pessoa da minha idade- revela.

Além dos idosos ligados a ABIC, participaram do evento também associados do Centro de Convivência do Idoso e da Associação dos Aposentados, Pensionista, Idosos e Portadores de Deficiência de Cacoal (AAPC).

Fonte - Imprensa PMC Cacoal

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.