MENINA DE 11 ANOS SOFRE ESTUPRO COLETIVO DURANTE TRÊS HORAS EM SERGIPE

Segundo relato da mãe, a criança foi obrigada a manter relações sexuais enquanto era filmada.
Sexta-Feira, 17 de Junho de 2016 - 15:36

Uma menina de 11 anos sofreu um estupro coletivo em São Cristóvão, interior de Sergipe. O caso corre em segredo de Justiça, mas a mãe da vítima conversou com a Record e relatou os momentos de horror vividos pela criança.

A mãe conta que a menina saiu de casa para estudar e, como estava demorando para retornar, saiu à procura dela. No caminho, a encontrou chorando e muito machucada.

— Eu fiquei até sem reação. Estou chorando aos poucos. Não tenho nem como falar porque o que eu estou sentindo é horrível. É uma situação humilhante. Saber que sua filha foi abusada por três e ouvir a polícia dizer que ainda vai ver o que vai fazer.

Ainda segundo relato da mãe, a menina foi obrigada a fazer relação com um dos estupradores enquanto outro filmava. Depois, eles ameaçaram divulgar as imagens caso ela não fizesse sexo com eles também.

— Ela acabou coagida, com medo, com vergonha.  Como é cidade pequena, ia repercutir mesmo. E ela acabou cedendo.

O abuso durou cerca de três horas e deixou a menina com vários ferimentos, como relata a mãe.

— Ela sofreu muito. Fui eu quem tirou a roupa dela e estava toda manchada de sangue [...] Minha mãe dormiu com ela hoje e disse que ela gemeu a noite toda de dor.

Os três suspeitos, menores de idade, já foram identificados pela polícia. O Conselho Tutelar diz que, agora, a preocupação é com a saúde da menina. 

— Vamos levar a criança para a maternidade para fazer todos os exames. Como tivemos relatos que não se preveniram, nossa preocupação maior agora é cuidar da saúde da criança.

Fonte - r7

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.