ABERTURA DO 9° CEP DE RONDÔNIA É REALIZADA COM SUCESSO

Em seu discurso, o coordenador do 9º CEP e eng. Florestal Joel Magalhães, destacou o número recorde de inscrições recebidas pelo site do Crea-RO
Quinta-Feira, 16 de Junho de 2016 - 16:34

Com o tema central “O Sistema Confea/Crea e Mútua em defesa da Engenharia e da Agronomia Brasileiras”, teve inicio na noite de ontem (15) na sede do Sindunscon, o  9º Congresso Estadual de Profissionais do Sistema Confea/Crea e Mútua de Rondônia. A mesa da solenidade de abertura foi composta pelo diretor administrativo da Caixa de Assistência dos Profissionais dos Creas (Mútua) – patrocinadora oficial do 9º CEP, Eng. Civil, Mec. e de Seg. Trab. Julio Fialkoski, o coordenador do 9º CEP e eng. Florestal Joel Magalhães, o representante do Sinduscon, Fausto Luiz de Sene Oliveira, o representante do governador Confúcio Moura, José Paulo da Secretária de Agricultura, o vice-presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Rondônia – Crea-RO, eng. Florestal Ailton Pacheco, o presidente da Associação dos Engenheiros Agrônomos – AEARON, eng. Agrônomo Moisés Vieira Fernandes e a presidente da Associação Rondoniense de Engenheiros Florestais -AREF, eng. Florestal Wanda Bart. O evento contou ainda com a participação do presidente da Mútua-RO, eng. Florestal, Carlos Antônio Xavier e representantes de diversas entidades de classe, profissionais e acadêmicos.

Em seu discurso, o coordenador do 9º CEP e eng. Florestal Joel Magalhães, destacou o número recorde de inscrições recebidas pelo site do Crea-RO e agradeceu aos membros da comissão do congresso pelo empenho e dedicação. “O número de inscritos em comparação aos CEPs anteriores já sinaliza que teremos um evento de sucesso, com a participação massiva dos profissionais do Sistema e com a apresentação de propostas importantes para o futuro da Engenharia e da Agronomia”, diz Magalhães. Ainda na oportunidade, o coordenador do 9º CEP destacou o papel do Crea-RO para os profissionais e a importância da Anotação de Responsabilidade Técnica – ART. “Cada ART paga é uma janela de oportunidades abertas, porque será através dessa ART, que o profissional estará respaldado na assistência dos seus serviços”, aponta.

O diretor administrativo da Caixa de Assistência dos Profissionais dos Creas (Mútua) – patrocinadora oficial do 9º CEP, Eng. Civil, Mec. e de Seg. Trab. Julio Fialkoski, destacou em seu discurso o apoio oferecido pela Mútua através do patrocínio dado para a realização do 9ºCEP. “Esse patrocínio tem como objetivo principal apoiar os profissionais do Sistema Confea/Crea e Mútua na defesa de ações que melhorem cada vez mais o andamento do trabalho realizado no dia a dia”. O diretor da Mútua apontou ainda os atentados que a ART vem sofrendo nos últimos meses. “Temos profissionais e alguns órgãos querendo derrubar a ART e até mudar os valores cobrados, mas estamos defendendo e apoiando ações que valorizem e destaquem a importância da atuação do profissional dentro dos procedimentos estabelecidos pelo Sistema. Como eu gosto de dizer, se você acha caro um profissional de qualidade é porque não sabe quando custa um incompetente”, sinaliza Fialkoski.

O vice-presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Rondônia – Crea-RO, eng. Florestal Ailton Pacheco, em nome do presidente do Crea-RO, engº Civil, Nélio Alencar, agradeceu a presença de todos e destacou as ações do Conselho em prol dos profissionais do Sistema.  “Em nome do nosso presidente, peço a participação de todos os profissionais nos dias restantes do congresso. A comissão preparou uma programação com várias palestras de interesse público e ao final todos terão voz para apresentar as propostas que, após aprovadas no âmbito estadual, serão levadas ao 9° Congresso Nacional de Profissionais (CNP)”, explica Pacheco.

O 9º CEP/RO tem por objetivo discutir e propor políticas, estratégias, diretrizes e programas de atuação para o Sistema. O Congresso organizará os debates a partir de três eixos temáticos que subdividem o tema: Defesa e fortalecimento da Engenharia e da Agronomia junto à sociedade; Tecnologia e Inovação; e Carreira e prerrogativas da Engenharia e da Agronomia. As propostas aprovadas, serão levadas ao 9° Congresso Nacional de Profissionais (CNP), e poderão ser defendidas pelos delegados que serão eleitos para representar o estado no evento marcado para Foz do Iguaçu-PR, nos dias 2 e 3 de setembro de 2016. Todos os profissionais inscritos no evento e que apresentarem propostas podem se candidatarem a delegado. 

Fonte - Crea rondônia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.