'PARA SER GOVERNADOR, ANTES DE TUDO, É PRECISO NÃO SE AMAR!'

As frases são de texto publicado nas redes sociais e em seu Blog, pelo governador Confúcio Moura, analisando as pressões para que conceda aumentos salariais.
Segunda-Feira, 06 de Junho de 2016 - 21:17

“Eu sempre digo que, para ser governador, antes de tudo, é preciso não se amar. É ficar de um lado, igual a São Sebastião, recebendo flechas no peito de todas as direções. Porque o ímpeto gastador do Estado brasileiro é voluptuoso, igual a um Vesúvio destruidor!”. As frases são de texto publicado nas redes sociais e em seu Blog, pelo governador Confúcio Moura, analisando as pressões para que conceda aumentos salariais. Principalmente para os policiais civis, que estão em campanha por melhores vencimentos há várias semanas. Segundo Confúcio, algumas manifestações mais pesadas são como “punhaladas e açoites, provocando o Governo, para que se abra na concessão de aumentos, vantagens, direitos e mais direitos, sem um olhar mais profundo da tenebrosa situação em que vivem os Estados e os municípios. E, infelizmente, nosso próprio Estado”. Ele reclama que há incompreensão nessa luta quase solitária pelo controle dos gastos e lamentou que a Assembleia Legislativa tenha derrubado um decreto seu nesse sentido. Mais adiante, concluiu: “qualquer que seja a irresponsabilidade administrativa ou financeira que eu venha a tomar, elas terão, no futuro, conseqüências profundamente danosas aos servidores e ao próprio povo. Se persistirmos, firmes e gerando ondas positivas, como foi a Rondônia Rural Show e outras ações promotoras do desenvolvimento, com certeza, daremos um salto fantástico em crescimento e prosperidade”.

O Estado brasileiro está falido porque se tornou uma república sindicalista, principalmente de servidores públicos. Está na hora dos governos dos Estados e da União fecharem as torneiras, emagrecerem o Estado e diminuírem a gastança com tantos ”direitos adquiridos”. Claro que isso é muito difícil, perto do impossível. Por isso um governante não pode se amar, para ter coragem de tomar medidas assim. Confúcio está fazendo o que tem que ser feito!

CRUELDADE DOENTIA

A crueldade dos criminosos está cada vez mais doentia. Dias atrás, em Buritis, um homem foi assassinado a tiros. Junto com ele, uma criança, uma menina de 14 anos, que seria sua namorada. Os dois foram mortos com tiros à queima roupa na cabeça e ainda tiveram suas vísceras retiradas. Depois, foram jogados no rio. O pior é quando esses desgraçados forem presos, ficarão sob a proteção dos direitos humanos dos bandidos. Quando condenados – e o serão – receberão todas as benesses que possam encurtar suas penas. Quando se diz que é a impunidade que incentiva crimes cada vez mais brutais, há quem ache que é exagero. Mas é só ver casos como a de Suzane Von Richothofen, que matou os pais e de Marco Antonio, um dos assassinos da jovem Naiara Karine, que já estão tendo benefícios sem fim, para compreender o assunto.

VOO PERIGOSO

Não se sabe ainda se foi um pássaro comum ou um urubu, que são atraídos pelo lixo jogado próximo ao aeroporto de Porto Velho, mas a colisão de um Airbus da Latam (ex TAM), contra uma ave, nesse domingo, poderia ter causado um acidente grave. Felizmente não houve nada mais sério, além do susto dos passageiros, que sentiram, pouco depois da decolagem, um grande estrondo de um objeto que colidiu com a aeronave. O avião, que saiu por volta das duas da tarde em direção a Brasília, teve que voltar ao aeroporto, pousou em segurança, mas não pôde continuar viagem. Os passageiros foram remanejados. Urubus são comuns na área próxima ao aeroporto.

TOMANDO POSSE

Recém restaurado, através de um pesado investimento da Câmara Municipal de Porto Velho, o antigo prédio que abrigou o primeiro legislativo da cidade está novamente airado às traças. Literalmente. Portas e janelas foram atacadas por cupins. As fechaduras desapareceram. A sujeira tomou conta de tudo. Vendo todo esse desprezo pelo patrimônio público, o professor Mário Jorge, presidente do Conselho Municipal der Educação, decidiu ocupar o prédio. Vai deixar de pagar aluguel e passar a comandar o Conselho do local restaurado. Na terça dessa terça, a tomada da antiga Câmara será reocupada. A decisão de Mário Jorge deixa bem claro seu amor à sua cidade. Já quem devia cuidar daquele patrimônio que é de todos, lavou as mãos...

LADRÕES ELEITOS

Meio bilhão em propinas, desde 2002, ou seja, antes de iniciar os governos do PT e atravessando todos os anos petistas, foram entregues a políticos principalmente do PMDB, mas também de vários outros partidos, segundo denuncia Nestor Cerveró, ex diretor da Petrobras.

Isso é apenas uma pequena fatia do dinheiro público desviado, roubado, estropiado por políticos ingressam na vida pública jurando amor ao país, mas que na verdade, só pensam em si e no seu enriquecimento pessoal. Com todas as denúncias feitas, seria ótimo fazer uma limpeza geral no Brasil, não só colocando todos esses bandidos na cadeia, como também os eliminando da vida pública para sempre. Porque se depender do eleitor, muitos deles continuarão sendo eleitos para roubar...

É ISSO QUE QUEREMOS?

Um ladrão fez várias vítimas em Porto Velho. Usando um equipamento eletrônico conhecido como Chapolin, anulava o alarme dos carros, os abria facilmente e levava tudo o que encontrava. A polícia fez longa investigação, perdeu tempo, despendeu equipes e, finalmente, conseguiu botar a mão no safado. Puro tempo perdido, Horas depois de estar no xilindró, o bandido já estava de volta às ruas, por decisão judicial. Ora, para que fazer a população perder tempo em prestar queixa e chamar a polícia? Para que fazer a polícia perder seu tempo e gastar dinheiro público? Que encenação é essa, onde um meliante é pego com a mão na massa e horas depois está soltinho, para continuar cometendo os mesmos crimes? É esse o país que queremos?

PERGUNTINHA

Quando o Brasil começará a recuperar ao menos parte dos quase 12 milhões de empregos perdidos durante o (des) governo de Dilma Rousseff?

Fonte - Sergio Pires

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.