BRASIL É UM DOS PAÍSES MAIS PROCURADOS POR ESTUDANTES DOS EUA

Em 2014, intercambistas investiram US$ 150 milhões em programas educacionais, culturais e esportivos no País
Sexta-Feira, 03 de Junho de 2016 - 15:12

Estudo recente divulgado pela empresa de pesquisa ValuePenguin aponta o Brasil como um dos países mais populares entre os estudantes norte-americanos. O País ocupa o 9º lugar como o mais barato para se estudar. De acordo com a classificação da IIE (Institute Of International Education), o Brasil está na 15ª posição entre os melhores destinos para esta finalidade.

“Além de fatores educacionais e culturais, a variação cambial tem motivado a vinda desse público ao País”, aponta o presidente substituto do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), José Antônio Parente. Segundo ele, entre as ações do Instituto para promover esse mercado crescente, destaca-se a participação na maior conferência anual de educadores internacionais, a 68ª Conferência Anual & Expo da Associação de Educadores Internacionais (Nafsa), que acontece esta semana em Denver, no Colorado (EUA). 

“Em eventos desse porte, buscamos potencializar ainda mais a divulgação do destino Brasil também para outros segmentos. O mercado educacional ocupa uma posição estratégica para o País e acaba contribuindo para fortalecer a nossa imagem positiva no exterior”, enfatiza Parente. Somente em 2014, 100 mil estudantes estrangeiros desembarcaram no País para estudar, segundo dados do Ministério do Turismo. 

Parente ressalta ainda a realização de press trip para jornalistas do Reino Unido e da Alemanha, ocorrida em maio, que divulgou programas oferecidos a estudantes internacionais pelo trade brasileiro. “Os programas de intercâmbio são essenciais para estabelecer fortes vínculos entre a comunidade acadêmica internacional e o Brasil, ampliando as possibilidades ao turista internacional no nosso País”, explica.

Nos últimos 10 anos, o gasto de estudantes estrangeiros no Brasil aumentou 147%, segundo dados do Banco Central. Em 2014, os intercambistas investiram US$ 150 milhões em programas educacionais, culturais e esportivos no País. De acordo com o Estudo da Demanda Internacional do Ministério do Turismo, Estudos e Cursos representam 1,8% da motivação internacional de viagens ao Brasil.

Fonte - Portal brasil

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.