BRASIL FECHA QUASE 63 MIL VAGAS FORMAIS EM ABRIL, MOSTRA CAGED

Demissões ocorreram praticamente em todos os segmentos da economia no mês passado; setor público foi um dos poucos que tiveram mais contratações que cortes
Quinta-Feira, 26 de Maio de 2016 - 08:18

O Brasil fechou 62.844 vagas formais de trabalho em abril, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado pelo Ministério do Trabalho nesta quarta-feira. Foi o o décimo-terceiro mês seguido de fechamento de vagas com carteira assinada.

O desempenho pior do que o esperado e levou para 378.481 o número de postos de trabalho formais fechados apenas em 2016. Em pesquisa da agência Reuters, analistas estimaram o fechamento de 40.000 vagas no mês. Em abril do ano passado, o país havia perdido 97.828 vagas, na série sem ajustes.

As demissões líquidas (saldo entre contratações e cortes) ocorreram praticamente em todos os setores no mês passado. O pior resultado foi o do comércio, que fechou 30.507 empregos com carteira assinada. Também tiveram perdas os setores da construção civil (-16.036 postos), da indústria da transformação (-15.982 vagas) e de serviços (-9.937 empregos).

A administração pública mostrou abertura líquida de vagas em abril, com 2.225 postos, e a agricultura também teve resultado positivo (+8.051 vagas).

O mau resultado vem da economia em recessão, que afeta a confiança dos agentes econômicos. Ainda segundo a Caged, no acumulado em doze meses, o Brasil perdeu 1,82 milhão de postos com carteira assinada.

A taxa de desemprego encerrou o primeiro trimestre em 10,9%, com 11,1 milhões de desempregados, de acordo com os últimos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Fonte - veja

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.