BOABAID QUER MAIOR EFETIVO POLICIAL PARA BATALHÕES

Para a Capital, o parlamentar indicou a disponibilização de 160 policiais militares, sendo 80 para atender o 1º Batalhão de Polícia Militar (BPM) e 80 para o 5º BPM.
Sexta-Feira, 20 de Maio de 2016 - 15:21

O deputado Jesuíno Boabaid (PMN) indicou ao Poder Executivo, que interceda junto ao Comando Geral da Polícia Militar e ao Comando Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Rondônia, a necessidade de disponibilizar efetivo policial e bombeiro militar para atender os batalhões, pelotões e grupamentos de Porto Velho, Candeias do Jamari e Vilhena.

Para a Capital, o parlamentar indicou a disponibilização de 160 policiais militares, sendo 80 para atender o 1º Batalhão de Polícia Militar (BPM) e 80 para o 5º BPM.

Segundo o deputado, Porto Velho conta atualmente com uma população estimada em mais de 500 mil habitantes, contando com a área urbana, rural e ribeirinha. Mesmo assim, ressaltou Boabaid, a Capital possui baixo efetivo policial.

O 1º e o 5º BPM, explicou Jesuíno, responsáveis pelo policiamento ostensivo de Porto Velho vêm enfrentando deficit de efetivo por diversos fatores, entre os quais, policiais que estão sendo transferidos para a reserva remunerada ou para tratamento de saúde, licença especial, férias, movimentação para outros municípios, provocando assim, uma situação crítica no setor de segurança pública do Estado.

O 1º BPM não conta com quantitativo para suprir a demanda da população de Porto Velho, tanto nas áreas urbanas, rural ou ribeirinha. Em razão disso, ressaltou Boabaid, muitas vítimas de furto, roubo e outros crimes não registram ocorrência por desacreditar no poder da Polícia.

O 5º BPM é responsável pelo patrulhamento da zona Leste da Capital, considerada uma das áreas mais violentas da cidade, composta por cerca de 40 bairros, incluindo invasões e setor chacareiro. O Batalhão informou o deputado, abriga a Força Tática, unidade de elite que atua na contenção de crises.

Para atender o município de Candeias do Jamari, Boabaid indicou a disponibilidade de 12 policiais ao 4º Pelotão de Polícia Militar da 3ª Companhia de Polícia do 5º BPM. Segundo o deputado, o município conta com uma população estimada em 30 mil pessoas e o efetivo policial atual não atende a demanda da localidade.

Estatísticas dos relatórios da Seção Administrativa de Candeias, com base nos Boletins de Ocorrências, demonstram claramente o aumento da criminalidade de maior potencial como roubos, furtos, recapturas de foragidos, posse de entorpecente, sem incluir as ocorrências registradas diretamente com o comissário plantonista da Polícia Civil na Unisp.

Ao Corpo de Bombeiros, Boabaid pediu que fossem disponibilizados 20 bombeiros para o 3º Grupamento do município. O deputado informou que em 2014, o grupamento contava com 47 bombeiros, porém, houve redução no quantitativo de policiais, tento atualmente apenas 37 militares.

Para o parlamentar, o Corpo de Bombeiros executa uma ampla variedade de atendimentos especializados como serviço da Defesa Civil, prevenção e combates a incêndio, buscas, salvamentos e socorros públicos. E não havendo efetivo para tais atendimentos, salientou o deputado, a maior prejudicada é a população.

“O direito a segurança é prerrogativa constitucional, garantida mediante a implementação de políticas públicas, impondo ao Estado a obrigação de criar condições objetivas que possibilitem o efetivo acesso a tal serviço”, concluiu Jesuíno Boabaid.

Fonte - ale/ro

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.