News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Domingo, 13 de Junho de 2021

10 anos

CRIANÇAS TESTEMUNHAM EXECUÇÃO DE JOVEM ATIRADO DE PRÉDIO PELO EL

Os membros do Estado Islâmico acreditam que o homossexualismo é um crime punível com a morte.
Terça-Feira, 10 de Maio de 2016 - 15:02

O grupo extremista EI (Estado Islâmico) realizou mais um assassinato cruel de um jovem acusado de ser homossexual. O garoto foi jogado para a morte do alto de um prédio em Manbij, próximo à cidade de Aleppo.

A execução cruel foi realizada bem aos olhos de um grande grupo de jovens e crianças.

Anterior Aleppo vem sendo foco do noticiário da Guerra da Síria nas últimas semanas,Embates entre rebeldes e as forças do governo estão colocando em risco o acordo de cessar-fogo no país.

Já as imagens da execução do jovem acusado de ser gay não puderam ser verificadas de forma independente. No entanto, o Estado Islâmico já havia executado publicamente homens acusados de serem homossexuais de uma maneira semelhante.

Imagens chocantes divulgadas nas redes sociais em abril supostamente retratam um prisioneiro dos extremistas sendo jogado para morrer do topo de um telhado.

Segundo informações do tabloide britânico Daily Mail, a vítima teria sido acusada de envolvimento em "sodomia" no Iraque.

As imagens mostram o prisioneiro sendo levado até a borda de um edifício por um grupo de militantes mascarados, enquanto uma multidão de homens — incluindo crianças e jovens — assistem a tudo.

Esse tipo de punição não é novidade para os militantes do Estado Islâmico.

Em janeiro deste ano, os terroristas do Estado Islâmico jogaram um garoto gay de apenas 15 anos de cima de um prédio em Deir Ezzor, na Síria, em mais uma demonstração clara de sua política de dois pesos e duas medidas. No entanto, o membro do grupo que o estuprou foi poupado da morte.

Fonte - r7

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.